Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

Crônica do dia...

Imagem
Fotos de Olívia de Cássia
Olívia de Cássia – jornalista

Ontem foi o desfile do bloco A Franga da Madrugada, com concentração em frente à Escola Carlos Gomes. Os foliões saíram pelas ruas de União dos Palmares com toda a irreverência e alegria. O evento teve seu ponto final na Praça Basiliano Sarmento, onde a Franga foi batizada pelo primo, O Pinto da Madrugada, que se fez presente com alguns membros de sua diretoria.

Foi muito animado e já deu uma mostra de como será o reinado de Momo em União. Sexta-feira tem desfile de blocos, sábado também. Na Quadra de Esportes, vizinha à Prefeitura, tem concurso da franga e depois, como todos os anos, o bloco sairá pelas ruas da cidade com toda a sua animação.

Depois do desfile fomos a uma festinha de aniversário. Encontrei meu amigo de longas datas Aldo Ferreira e batemos um bom papo. É véspera de Carnaval, semana que antecede os festejos de Momo este ano. Nem fui à prévias de Jaraguá no fim de semana. Há uns anos passados nós não perdíamo…

Vem aí o Batizado da Franga da Madrugada!

Imagem
© João Paulo Farias


O radialista Sílvio Sarmento e diretor da Rádio Zumbi FM de União dos Palmares convida a sociedade em geral para o batizado da Franga da Madrugada, bloco de carnaval de União dos Palmares que está completando 10 anos de existência e tradição nesta cidade.

A Franga da Madrugada criada em meados de 2001 pelo radialista Sílvio Sarmento e mais quatro amigos virou atração e começou a atrair mais adeptos a cada ano, “Foi uma brincadeira com o intuito de resgatar os carnavais de antigamente que se tornou o mais tradicional bloco de Rua de União e hoje arrasta uma multidão pelas ruas de União dos Palmares”. Ressaltou Sílvio Sarmento.

A festa dos 10 anos do Bloco A Franga da Madrugada se inicia neste próximo domingo 27, com o “Batizado” da Franga pelo Bloco Pinto da Madrugada de Maceió. As festividades terão início com um desfile pelas ruas de União dos Palmares com animação da Orquestra de Carnaval do Maestro Jaégero, composta de 40 músicos.

A concentr…

A fantasia do Carnaval

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
(Texto e foto)


Desde criança aprendi a gostar de festas, todas elas. Desde a Festa de Santa Maria Madalena, principal festa da minha região, até o Carnaval. Mas Carnaval daqueles que a gente via quando eu era pequena, para a gente fazer o passo na Palmarina, ver os bobos na rua, o corso, charangas, carros alegóricos e muita alegria nas fantasias, nas músicas como os frevos, sambas, marchinhas e cirandas, entre outras tantas.

O Carnaval é uma das que festas que eu mais gosto, é uma explosão de alegria e como a própria tradição já diz, é festa para a gente se despojar de tudo, esquecer os problemas, as tristezas e viver por quatro dias as nossas fantasias de mundo ideal. Um mundo sem preconceitos, de muita festa e alegria.

Quando eu era criança, foi a minha tia Osória Paes, irmã mais nova da minha mãe, quem me iniciou na folia de Momo, em União dos Palmares. Ela arregimentava e convidava grupos de meninas, costurava as fantasias da gente, nos arr…

Antonio Albuquerque preside sessão na ausência de Toledo

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
(Texto e foto)

O vice-presidente da Assembleia, deputado Antonio Aplbuquerque (PTdoB) presidiu a sessão da tarde de hoje da ALE, na ausência do presidente Fernando Toledo (PSDB), que precisou se ausentar por questões pessoais. A sessão contou com a presença de 18 deputados na Casa e foi praticamente de discursos.

Na sessão foi apresentado requerimento informando que o deputado Ricardo Nezinho (PTdoB) é o líder do partido na Casa. Na sessão de ontem o PMDB enviou requerimento informando que o deputado Olavo Calheiros é o líder do partido na ALE. Já o PMN designou o deputado Dudu Holanda como seu líder.

O deputado Judson Cabral (PT) fez um resumo de suas atividades no dia e informou que esteve visitando os desabrigados das enchentes, em União dos Palmares, durante toda a manhã. Cabral observou que a vida daquelas pessoas nas barracas é de muitas carências e necessidades e destacou o sofrimento daquelas pessoas.

O petista disse que fez questão de entrar na…

Resumo da semana na ALE

Imagem
Olivia de Cássia – jornalista

A semana de trabalhos legislativos que termina hoje foi marcada na Assembleia pela movimentação e muitos discursos. Depois de vários adiamentos, debates e discussões, o Orçamento para o exercício 2011 foi votado, na terça-feira, 22, com dois meses de atraso, já que a peça orçamentária deveria ter sido apreciada e votada na legislação passada, até 15 de dezembro. (ver matérias abaixo)

Segundo alguns deputados, por conta de acordos que foram feitos e não cumpridos, não houve entendimentos: a votação do projeto foi adiada e ficou para os deputados eleitos para essa legislatura, a 17ª, tomarem essa atitude. Quando tomaram posse, os novos deputados argumentaram que não conheciam o conteúdo do projeto e solicitaram adiamento da votação.

Durante o processo, a oposição acusou a Mesa Diretora de não ter transparência quando não divulgou quais as emendas teriam sido aprovadas ou rejeitadas. Os parlamentares da ala da situação contestaram as argumen…

Alagoas violenta

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Uma pesquisa divulgada hoje aponta Alagoas como um dos estados mais violentos do País. Todo fim de semana a média é de 15 a 20 assassinatos, quase todos por motivo de envolvimento com drogas em nosso Estado.

Segundo a pesquisa, divulgada no Mapa da Violência, Alagoas lidera o ranking dos estados onde mais se mata no país. De acordo com o Ministério da Justiça, houve um aumento de 177,2% no número de homicídios, aumento registrado de 1998 até 2008.

Maceió aparece no mapa como a cidade mais violeta do país, onde são registrados 107,1 homicídios para cada 100 mil habitantes, registrando um aumento exorbitante de 222% no número de homicídios em Alagoas. Em termos populacionais no Estado, Maceió não é a cidade que concentra a maior proporção de assassinatos, mas aparece na 8ª posição.

No interior a situação não é muito diferente: todos os dias são noticiados casos e mais casos de assassinatos por motivos fúteis. A cidade do Pilar, distante 42 km da capital …

Sessão da ALE aconteceu com críticas ao governador

Imagem
Foto de Olívia de Cássia
Deputado João Henrique Caldas apresenta requerimento criando comissão para acompanhar desabrigados das enchentes do ano passado


Olívia de Cássia – jornalista

A segunda sessão legislativa da semana na Assembleia, realizada nesta quarta, 23, teve a presença de 21 deputados no plenário. O deputado Olavo Calheiros (PMDB) usou a tribuna da Casa para fazer um duro discurso criticando o governador Teotonio Vilela Filho (PSDB). Um longo discurso que parecia até uma mensagem de despedida, agradecendo a seu eleitorado pelos votos concedidos e endurecendo nas avaliações sobre o governador.

Calheiros chamou Téo Vilela de fraco e disse que seu governo era de papel. O peemedebista usou a hora do expediente para dizer que sua carreira “está mais para o fim do que para o meio”, fez uma retrospectiva da sua carreira política e que teve a oportunidade de começar a vida como deputado federal “e agora estou na Casa de Tavares Bastos”, disse ele.

Olavo observou que não acredi…

Impressões do dia...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Todo mundo tem qualidades e defeitos. Ninguém é perfeito; eu sei que, da mesma forma que as outras pessoas, eu tenho infinitos defeitos também. Problemas que tento resolver e compensar, procurando ser melhor e me reparar. Mas confesso que é difícil quando se chega à minha idade.

A gente percebe que ainda falta muito para que objetivos sejam alcançados. Eu não queria ter me acomodado e parado de estudar como eu o fiz.

Eu dizia tanto isso na mocidade, que não ia me acomodar diante de uma situação estabelecida, mas quando as coisas vão se ajustando de certa forma, a tendência é o corpo relaxar e a gente ir vivendo a vida de maneira mais quieta.

Aí, quando vem uma crise, aquela luz vermelha de sinal de alerta acende nos dizendo para ficar atentos. Nesses tantos anos de vida já vivi diversas situações. Umas vexatórias e outras nem tanto. Algumas foram contornadas,outras ficaram sem solução e foram deixadas de lado. Paciência.

Mas nem por isso deixei d…

Deputados votam Orçamento; cinco foram contra

Olívia de Cássia – jornalista

Depois de dois meses de atraso, o Orçamento do Estado para este ano foi votado na Assembleia Legislativa na tarde desta terça-feira, 22. A votação aconteceu com cinco votos contra que foram dos três deputados do PT (Marquinhos Madeira, Judson Cabral e Ronaldo Medeiros), Isnaldo Bulhões Júnior (PDT) e Maurício Tavares (PTB.

Para se chegar a essa votação as discussões foram muitas e o governo do Estado teve que realizar várias reuniões de negociações e mandar emissários ao Poder Legislativo para que pressionassem os deputados no sentido de que a LOA fosse aprovada. Sem um líder na Casa, o Executivo teve que amargar o adiamento, por mais de uma vez depois que os deputados assumiram, em 1º de fevereiro.

Na verdade, a votação da Lei Orçamentária deveria ter acontecido até o mês de dezembro, mas alegando atraso no envio do QDD (Quadro de Detalhamento de Despesas), reclamado pela oposição, a votação foi adiada por várias vezes na legislatura passada …

Fevereiro está terminando...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

O mês de fevereiro é sempre mais curto, está quase acabando; hoje já é dia 21. Semana que vem tem contas para pagar. Algumas vão ter que ser deixadas de lado, enquanto não retomo a normalidade da minha vida. O carnaval já vem aí, festa que gosto muito, mas que esse ano vai depender do que acontecerá essa semana.

Hoje eu tinha uma entrevista de trabalho e foi transferia para amanhã, tomara que eu consiga a vaga. Fui à Igreja do Livramento rezar, pedir a Deus, a Nossa Senhora e Santa Maria Madalena proteção e que meus caminhos sejam iluminados e abençoados. São muitas as dificuldades, Deus sabe.

Encontrei Jaci Lucia, amiga de longas datas, minha ex-quase cunhada. Como é bom a gente encontrar pessoas amigas e conterrâneas pelas ruas e locais de Maceió! Hoje eu acordei com a boca dormente, um pouco alterada. Já me aconteceu isso outra vez; fiquei desconfiada, mas não há de ser nada.

Deus, na sua infinita bondade, vai me proteger de todo o mal, olhar pela …

Humildade não é submissão

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Humildade não quer dizer submissão; ser humilde é um ato de inteligência. Tem muita gente por aí precisando ‘baixar a bola’ e colocar o pé no chão. A gente leva tanta bordoada na vida, que se não aprende com isso, fica mais difícil viver.

Às vezes a gente vive feito mula empacada. Quando coloca uma ideia e um pensamento na cabeça não tem quem convença do contrário. Essa estratégia em alguns casos dá certo; outras não.

Com o tempo vamos aprendendo que o outro lado deve ser ouvido; há sempre dois lados da mesma moeda e esse é o princípio do jornalismo, mesmo que um desses lados pese mais em se tratando de credibilidade. Mas é sempre recomendável que a gente procure se inteirar da situação para não ser injusto com o outro.

Já fui personagem de uma história assim e vejo como é incômoda essa postura. A vida nos ensina, mesmo que da forma mais dolorida e inusitada. Muitas vezes quando percebemos o equívoco cometido, já não dá mais para reparar a s…

PT pede adiamento de votação

Imagem
Deputado Fernando Toledo bem que tentou, mas orçamento não foi votado


Olívia de Cássia – jornalista

Depois de muita peleja, discussões, interrupção da sessão por mais de uma hora, para entendimentos e leitura de emendas, os deputados alagoanos adiaram novamente a votação do Orçamento, quando tudo indicava que seria aprovado na tarde desta quinta-feira, 17.

Não adiantaram os apelos do Governo do Estado, que segundo se comenta nos bastidores da Assembleia, tem ligado constantemente para o presidente Fernando Toledo (PSDB) e feito reuniões com os parlamentares, no sentido de que aprovem o Orçamento, que já está atrasado desde dezembro do ano passado.

Se depender da oposição na Casa de Tavares Bastos, formada pelo Partido dos Trabalhadores, PMDB e parte do PDT, ainda vai demorar para que essa novela tenha um final feliz para o governo, que necessita dessa liberação para colocar em andamento as ações traçadas para esse ano.

Vale lembrar que muitos setores da sociedade dependem do Orçamento…

Votação do orçamento novamente adiada na ALE

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Com a presença de 23 deputados, quorum mais que suficiente para que haja votação, o orçamento do estado para o ano de 2011 novamente não foi votado pelos deputados na sessão de hoje, 16. O pedido de adiamento foi feito pelo deputado Isnaldo Bulhões Júnior (PDT).

Alegando o cumprimento do regimento interno da ALE, assim, assegurando o adiamento por duas sessões, ele solicitou à Mesa que a votação não fosse feita.

“Não adianta aparecer com um ‘rolo’ compressor querendo aprovar o orçamento agora. Desde o mês de dezembro de 2010 as dúvidas entre a mesa diretora e o poder Executivo atrapalharam a apreciação da LOA, então, em nome da legalidade e do cumprimento do regimento da Assembleia Legislativa de Alagoas espero que seja respeitado o adiamento”, observou.

O orçamento deverá ser apreciado na próxima semana, assim, assegurando o desejo e a vontade da bancada de oposição na ALE.

Começam os trabalhos legislativos na ALE

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
(Texto e fotos)


Começaram na tarde desta terça-feira, 15, os trabalhos legislativos da 17ª legislatura na Casa de Tavares Bastos. Não houve ponto de pauta além da instalação dos trabalhos e o presidente da Casa, Fernando Toledo (PSDB), em entrevista à imprensa, disse que o Orçamento é o único ponto de pauta na sessão de hoje.

A oposição, que pediu o adiamento da vortação na semana passada alegando falta de conhecimento do conteúdo do projeto, ainda faz observações e talvez hoje o orçamento de 2011 ainda não seja votado.

A sessão de instalação aconteceu com a presença do governador Teotônio Vilela (PSDB), secretários de governo, representantes do Judiciário e várias outras autoridades e representantes de setores da sociedade civil organizada alagoana.

O governador e o presidente da Casa, deputado Fernando Toledo (PSDB) passaram em revista a tropa da Polícia Militar, na entrada da ALE.

Em sua fala da tribuna do Poder Legislativo, o governador Teotônio Vi…

Resenha do dia

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Deu vontade de pedir arrego, desde ontem, mas hoje é um novo dia. Eu precisava acordar logo cedo e acionei o despertador da companhia telefônica para me acordar, pois precisava ir à dentista colocar a última sessão de flúor.

Resolvi ir a pé, do Centro onde moro até a Pajuçara, para economizar o dinheiro da passagem, fazer um pouco de movimento nas pernas e ver o mar. Saí de casa às sete horas e cheguei à Dental Máster às oito.

Nem deu para observar a paisagem como eu queria, absorta que estava em meus pensamentos. Fui caminhando ao lado do Clube Fênix, por ser mais movimentado e por precaução, pois me conheço e sei que quando começo a pensar me desligo de tudo.

No caminho, como sempre faço nessas horas, eu fui lembrando dos conselhos que meus pais me davam, principalmente minha mãe, dona Antônia, que sabia das minhas fraquezas e limitações diante do lado prático da vida e não queria que eu sofresse tanto. Era ela quem comandava tudo lá em casa.

Mamãe …

O pesadelo de Rosalba

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Aquele sonho pesado não era um sonho normal de quem adormeceu tranquila. Rosalba se sentia sufocada, fazia muito calor naquela noite. Não conseguia sair daquele lugar, tornara-se prisioneira daquela situação.

Aquele homem corpulento a possuiu várias vezes e tinha domínio sobre ela, sobre o seu corpo e a sua alma, mas ela tinha consciência de que precisava sair dali, pedir socorro: “- Alguém me ajude”, pensava ela, mas não havia uma viva alma que pudesse socorrê-la e dar fim à sua prisão.

Estava refém daquele homem que ameaçava matá-la se ela tentasse sair da casa. Começou então a tecer estratégias na sua mente para se desvencilhar daquilo tudo. Já não sabia se era realidade ou se estava vivendo um dramático pesadelo.

De repente lhe vieram imagens de pessoas da sua convivência, de amigos e familiares. Pensou na infância sofrida, na mãe que morreu tão prematuramente, deixando o pai, pobre homem, com uma prole de dez filhos para dar conta: cinco homens e ci…

Não sou dona da verdade

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Quando eu escrevo no blog ou em qualquer canto e falo daquilo que se passa no meu coração, das minhas inquietações, incertezas e da maneira como eu vejo o mundo, me sinto aliviada, tiro um peso de cima de mim, parece que fico mais leve.

Sempre gostei de escrever: seja para fazer poesias, artigos, confissões nos meus diários ou cartas para os amigos. Não escrevo apenas fatos do dia-a-dia, releases ou noticiários. Sempre gostei de expressar meus sentimentos por meio de palavras escritas, desde a tenra idade. É uma forma de me sentir mais útil, mais leve e melhor.

Gosto de me expressar sobre assuntos diversos, desde temas sentimentais, problemas existenciais, até opinar sobre o que está sendo discutido na sociedade e na mídia. Mas devo alertar aqui que eu nunca disse que sou dona de verdade nenhuma e qualquer um pode e deve discordar daquilo que penso e que falo. É dialético isso.

Quando coloco para fora uma ideia, coisas que estão me incomodando, não o fa…

Minha insônia...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista


Quando a gente está acostumada a uma rotina de vida, fica difícil quando ela é quebrada, pelo menos comigo funciona assim. Me acostumei a dormir tarde, a ficar horas e horas na frente do computador: seja escrevendo, baixando fotos. Em sites de relacionamento ou vendo notícias. Isso também acontece no fim de semana: é o meu trabalho e minha diversão, tarefas que cumpro com prazer e com satisfação.

Nunca tive medo de dormir só, de morar sozinha e de ficar sem companhia, mas no dia do apagão que aconteceu em quase todo o Nordeste, eu inventei de acender uma vela, quando cheguei da Tribuna Independente, daquelas de sete dias. Quando fui deitar, uma sensação estranha invadiu meu quarto.

Mal eu cochilava e fechava o olho, começavam a surgir vultos dentro do quarto, uma coisa pesada e sem identificação. Levantei e apaguei a vela e só assim conseguir dormir tranqüila. Nunca tinha vivenciado isso antes.

Tem duas semanas que minha rotina foi interrompida, por p…

Diário de bordo

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista

Passei o sábado fazendo uma retrospectiva dos meus 51 anos de vida, de alguns fatos do passado, envolvimentos amorosos e dificuldades outras; mas revisar essas passagens é sempre muito doloroso, às vezes é inevitável, tu sabes, meu diário. Quando isso acontece é sempre quando não estou muito bem, quando estou reflexiva e com algum ruído dentro de mim.

Todos esses pensamentos de agora devem ser por conta dessa dificuldade que estou passando, mas ela é passageira e será da mesma forma que foram tantas passagens em minha vida. Tudo vai passar, eu sei e a minha vida voltará à normalidade. Quando a gente está vivenciando isso deseja dormir e só acordar quando tudo tiver passado e o problema resolvido. Mas ninguém passa impune na vida.

O fato é que, com o fim da minha função em cargo comissionado na Assembleia Legislativa, fiquei um pouco perdida, tanto que quase todas as manhãs eu saio e fico vagando no comércio de Maceió, sem saber o que fazer. Desde o d…

Prostituição infantil...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Especialistas constatam que a rede de prostituição no Brasil continua sem solução. Os casos denunciados aumentam a cada dia; antes ficavam encobertos, as pessoas tinham mais medo de denunciar. A prostituição infantil é um negócio rentável nos dias de hoje e talvez seja por isso que é difícil de acabar.

Dizem os estudos que a prostituição, principalmente a infantil, “transformou-se no terceiro mais rentável comércio mundial, atrás apenas da indústria de armas e do narcotráfico”.

Na avaliação dos especialistas, não só dos leigos como também dos instruídos, acreditam que os principais clientes que procuram pelos serviços das menores eram os turistas estrangeiros.
Esse tipo de prática tem se disseminado a cada dia mais no Brasil, mas não é um mal da sociedade moderna. A prostituição sempre existiu, está nos relatos bíblicos como uma das profissões mais antigas no mundo, desde os antigos reis; mudou apenas a logística.

Em países pobres da América Latina, co…

O tempo passou...

Imagem
Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Quando setembro vier, oito anos terão se passado desde aquele fatídico dia em que, por telefone, recebi a informação de que você não voltaria mais para casa e que depois teríamos uma conversa definitiva sobre a nossa situação, coisa que nunca aconteceu...

Oito anos foram necessários para que, finalmente, eu entendesse que existe vida além de tudo isso. Para que eu, finalmente, entendesse que a minha liberdade, individualidade, a minha felicidade e a fé que tenho em Deus não estavam na dependência de outra pessoa e que são fundamentais em minha vida. Itens principais.

Faz muito tempo que não te vejo, muitos anos foram preciso para que, mesmo distante e sem te encontrar, embora a gente percorra quase que o mesmo percurso, eu tomasse conhecimento da tua verdadeira personalidade, que agora, aos meus olhos de mulher curada e madura, mostrou quem realmente você é: uma pessoa egoísta, mesquinha, individualista e interesseira.

Quando a gente es…

Os golpes e seus protagonistas...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Nem na igreja, nos dias de hoje, estamos livres de golpistas de plantão. Fui ao comércio para andar um pouco hoje e entrei na Igreja do Livramento, para rezar e fazer minhas orações. Confesso que não tenho muito esse hábito, mas quando dá vontade eu vou à igreja rezar.

Nesse intervalo, aparece um senhor, o tipo é o mesmo: um homem de roupa social, negro, magrinho e baixinho, camisa azul se aproxima de outro, com a mesma conversar que eu já tinha escutado no ponto do ônibus.

Não é uma pessoa aparentemente carente. Ele anda com uma pastinha transparente, como se estivesse resolvendo algum problema de papelada e tem um vocabulário correto, que dá para perceber que não é uma pessoa sem instrução.

O senhor que ele abordou estava fazendo as suas preces do outro lado do banco que eu estava e começou a contar que veio do Pilar resolver uma situação financeira, em Maceió, e que seu cartão ficou preso na máquina do banco e que estaria sem dinheiro para pagar a…

Acreditar e ter fé...

Imagem
Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Acreditar, ter fé, ter a certeza de que tudo vai melhorar. Essa tem sido a premissa que tenho adotado nos últimos tempos, em busca de dias melhores. A fé é um item fundamental, para que a gente possa continuar acreditando que a vida da gente pode ter outro rumo.

Acreditar e fazer valer esta fé. Continuar lutando e persistindo em busca daquilo que a gente acredita e que se baseia para constituir a rotina. Esse tem sido o meu lema e acredito que depois que o adotei me sinto melhor.

A gente tem duas opções: ou acredita e tem fé, ou é pessimista e não acredita em nada. Nesse caso a vida se torna muito árida e sem graça, avalio eu, pois quando eu era sim me sentia infeliz e angustiada.

Acredito que temos que ter o pensamento convicto de que a gente também pode contribuir com essa melhoria na nossa vida, sendo mais amável, sem ser submisso, e procurando ser melhor a cada dia. E espero continuar acreditando nisso por muito tempo.

É preciso resgatar as tradições

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

O Carnaval é uma manifestação da cultura popular genuinamente brasileira. Para esta festa, foram criados vários tipos de músicas e também de danças, sendo que seu estilo pode variar de região para região. Antigamente, em Alagoas, valorizava-se mais o Carnaval.

Aos poucos os bailes nos clubes foram acabando e a festa de Momo passou a ser apenas nas ruas. Mas ao invés de se preservar os elementos da nossa cultura, a festa foi substituindo aos poucos os seus principais itens, as músicas e as fantasias. Ficou tudo meio sem graça mesmo.

Para mim o Carnaval é uma das festas mais bonitas do Brasil, da forma como era antes. Um Carnaval alegre, sem violência, com muitas plumas, brilhos, cores, fantasias, alegria, frevo, marchas, sambas e outras manifestações da nossa cultura.


É assim que vejo como deveria ser a folia de Momo em nosso Estado. Admiro os gestores que se empenham na continuação e no resgate da nossa cultura popular.

Fico triste quando na época em …

Procissão de Santa Maria Madalena - 2-2-2011

Imagem

Santa Maria Madalena reúne milhares de fiéis em União

Imagem
Fotos de Olívia de Cássia
Olivia de Cássia – jornalista

Dois de fevereiro, último dia da festa de Santa Maria Madalena, em União dos Palmares. Cada ano que passa mais gente segue a procissão. Este ano teve uma inovação: antes da procissão uma banda tocou músicas religiosas e empolgou muita gente que estava na Praça Basiliano Sarmento, à espera da saída das charolas dos santos, principalmente a de Santa Maria Madalena, padroeira da cidade, principal homenageada.

Fotografei o que pude e ao longo da semana vou disponibilizar flagrantes da festa, já que estou sem computador em casa. Acompanhei a procissão até o fim, mas de volta à igreja não pude entrar por conta do tumulto que se formou dos fiéis, dentro da igreja, depois da procissão.

As charolas voltam para a igreja e o povo invade, para ‘depená-las’ e tirar todas as flores que serviram para ornamentar, principalmente a de Santa Maria Madalena; acreditam que são flores abençoadas e que vão lhes trazer sorte.

Eu nunca tinha presencia…