Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

30 de abril

Imagem
Petrúcio Manoel Correia de Cerqueira – bancário


Não sei se é coincidência, mas, as datas mais significativas relacionadas com minha vida, estão inseridas nos meses de Abril e Maio. No dia 16 de abril, aniversário do meu pai; dia 20 de abril, aniversário de minha mãe; dia 30 de abril, meu casamento; 1º de Maio, meu aniversário; dia 8 de maio, aniversário do meu irmão mais novo; dia 13 de maio, aniversário do meu filho mais velho e 23 de maio, aniversário do meu neto mais velho.

Destacarei aqui o 30 de abril, pois além de ser a data de aniversário do meu casamento, foi também o dia de mais um acontecimento inesperado em minha vida.
Exatamente há 34 anos, e num dia de chuva como o de hoje, que contraí matrimônio com Dona Catarina.

Comecei o namoro no Natal de 1972, num baile que houve na AABB, em União dos Palmares. Estava eu, 16 anos na época. O namoro tinha pleno apoio de minha mãe. Digo isso, porque minha mãe (naquela época era assim), quando alguma namorada não fosse do agrado d’ela, im…

Chuvas preocupam a Defesa Civil

Imagem
Desabrigados do ano passado ainda esperam conclusão das casa

Olívia de Cássia – jornalista

(Texto e foto)

Nem bem começaram as chuvas da estação, já aconteceu transbordamento de rios no Litoral Norte do Estado e em algumas cidades da Zona da Mata. Depois da tragédia do ano passado, ocorrida no mês de junho, representantes da Defesa Civil já se preocupam com as chuvas que caíram na semana.

No dia de ontem, em Maceió e algumas cidades do interior, teve muita chuva, trovão e relâmpago, amedrontando famílias que moram nas encostas da capital e as populações ribeirinhas do interior.

No município de Jundiá, cerca de 150 famílias ficaram desabrigadas, depois que o nível do rio Manguaba subiu e invadiu casas da parte baixa da cidade. De acordo com informações da Defesa Civil de Alagoas, pelo menos cincos municípios do Litoral Norte e Zona da Mata do estado estão em situação de risco.

Ontem, o coordenador geral da Defesa Civil de Alagoas, Coronel Romeiro, reuniu vários gestores dos município…

Renasce a esperança ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Diante de tantas notícias ruins no cenário alagoano e no meu caso pessoal, hoje eu gostaria de falar que ainda tenho esperança, apesar de estar arrasada, decepcionada e angustiada com algumas situações da minha vida. Mas sou persistente e igual àquele adágio popular ‘sou brasileiro e não desisto nunca’.

Eu não desisto nunca de lutar (apesar dos infortúnios). De lutar por uma vida melhor, mais salutar e menos atribulada.

Não desisto de querer realizar meus sonhos, desde aqueles mais pueris da infância e da juventude, lá na minha querida terra natal, quando eu acreditava que poderia mudar o mundo com minhas idéias.

É tanta coisa chata e negativa, que às vezes a gente desanima, se entristece e se revolta com a violência cometida diariamente: seja contra as mulheres, as crianças e os jovens, que estão se matando por causa de tolices, seja contra a maldade de algumas pessoas ou a falta de vergonha de algumas autoridades que deveriam dar o exemplo, se porta…

Homicídio de mulheres cresce no Nordeste

Imagem
Espírito Santo tem maior taxa de mortes para cada 100 mil habitantes, enquanto Roraima tem a menor

Fonte: Estadão

A taxa de mulheres assassinadas para cada 100 mil habitantes subiu 59,6% na região Nordeste entre 1998 e 2008, enquanto caiu 30,2% no Sudeste no mesmo período, segundo aponta a pesquisa Mapa da Violência, realizada pelo instituto Sangari.

De acordo com o estudo, publicado pelo Ministério da Justiça, a região Sul teve um aumento de 24,7% na taxa, enquanto o Norte teve alta de 16,9% e o Centro-Oeste, de 1%.
A taxa de mulheres assassinadas em todo o Brasil caiu um ponto percentual em dez anos, passando de 4,3 para cada 100 mil habitantes em 1998 para 4,2 em 2008.

Em números absolutos, houve um aumento nos homicídios de mulheres no Brasil neste período, passando de 3.503 em 1998 para 4.023 em 2008. Em todo este período, foram mortas 41.968 mulheres no país.

O Espírito Santo manteve a posição de Estado brasileiro com maior taxa de homicídios de mulheres para cada 100 mil habitant…

Vetos do Executivo poderão ser apreciados na terça-feira, afirma Inácio Loiola

Imagem
Foto: Ascom/Assembleia Legislativa
Fonte: Ascom/ALE

O primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Inácio Loiola (PSDB), informou nesta quinta-feira, 28, que a Comissão de Constituição, Justiça e Redação já analisou o veto ao projeto de lei que reajusta os vencimentos dos parlamentares, bem como o projeto que estabelece a exigência do diploma de jornalista para o exercício da profissão no âmbito do Poder Executivo.

Os pareceres, de acordo com Loiola, poderão ser apreciados na sessão ordinária desta terça-feira, 3 de maio.

Após análise dos pareceres, os vetos deverão ser apreciados pelo plenário, o que fará com que a pauta da Casa seja desobstruída, permitindo que os trabalhos do Parlamento voltem à normalidade.

“Estamos analisando os vetos. Acredito que na terça-feira apreciaremos o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e, posteriormente, o veto propriamente dito”, informou Loiola.

Dia de festa

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Neste domingo é dia de festa para todos os trabalhadores: é feriado em homenagem ao Dia do Trabalhador, uma data pautada de significados e que será comemorada com diversas manifestações, na orla da Jatiúca e Ponta Verde, onde ocorrerão todos os eventos, na capital alagoana. Aqui, entidades ligadas aos trabalhadores brasileiros já se preparam para comemorar a data.

No geral, ao longo dos séculos, muitas conquistas foram conseguidas pelos trabalhadores, mas há de se reconhecer que ainda falta muito para as condições ideais de trabalho e salários dignos.

Em anos atrás esse dia era de muitas manifestações, discursos e protestos de muitas categorias e tinha um significado político marcante. A orla da Pajuçara ficava lotada e a festa só terminava à noite.

Este ano, em Maceió, segundo a Central Única dos Trabalhadores – CUT, a manifestação terá a presença de milhares de pessoas representando categorias diversas, em especial os servidores públicos estaduais, qu…

Melhora estado de saúde do promotor Tácito Yuri

Imagem
Uma notícia boa, diante de tantas coisas ruins que estão acontecendo em nosso Estado, é a melhora do estado de saúde do promotor de Justiça Tácito Yuri, da comarca de União dos Palmares. Tácito continua internado no Hospital do Coração em São Paulo, mas foi transferido da UTI para o quarto.

Segundo os médicos que o acompanham, há uma evolução favorável no seu quadro de saúde, principalmente porque conseguiu sair do coma – depois se sofrer um infarto e desenvolver uma doença grave e rara –, o que é considerado um avanço muito importante.

Tácito Yuri deverá ainda passar por um longo período de recuperação, com sessões diárias de fisioterapia, mas o prognóstico já é favorável. Nós palmarinos que acompanhamos o trabalho do doutor Tácito, sem dúvida estamos na torcida para que ele se recupere logo e volte ao batente. Saúde! (Com informações do blog do Ricardo Mota, site Tudo na Hora)

Com a pauta trancada, sessão da ALE foi só de discurso

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
Texto e foto

Sem a Ordem do Dia e com a pauta trancada, sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira, 26, foi apenas de discursos. Vários deputados aproveitaram a tarde para fazer cobranças.

O deputado Dudu Hollanda (PMN) fez uso da palavra e utilizou a tribuna para falar sobre o crescimento da violência em Alagoas. Ele disse que assim que os vetos do governo forem votados, vai apresentar requerimento propondo a realização de uma sessão pública, a ser realizada no próximo mês de maio, com o objetivo de debater opções no sentido de combater a criminalidade.

Hollanda disse que em seu requerimento vai convidar o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, para que ele fale da experiência das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) e do que vem sendo aplicado naquele Estado a respeito da segurança.

Também na sessão de ontem, Dudu Holanda falou sobre sua saída do partido, observando que passou a fazer parte do r…

Renato Piaba em “ CARNAVERÃO 2011 ”

Imagem
A festa começa dia 29 de Abril e vai até o dia 1 de Maio Em Penedo e Maceió



Depois do grande sucesso de sua aparição em Rede Nacional fazendo a transmissão do Carnaval de Salvador, o humorista Renato Piaba está de volta a Alagoas com o espetáculo “ CarnaVerão 2011 de 29 de Abril a 01 de Maio, passando por Penedo e Maceió.

Renato Piaba, como lhe é peculiar, mostrará casos e situações do cotidiano do Verão e do Carnaval da Bahia que é considerada a maior e mais badalada festa popular do planeta. Renato contará “estórias” hilárias dos frequentadores das praias, camarotes, dos ensaios e as famosas lavagens da Bahia. Piaba fará seu público “mergulhar de cabeça ” nas tendências das músicas, das danças de rua e na curtição dos turistas e gringos, que “acidentalmente ” caem nas malhas dos gozadores de plantão da Bahia.

Como não poderia deixar de ser, Renato Piaba vai usar e abusar de muita irreverência com a criação das suas personagens, como o “ Corno fol…

Marlon é show

Imagem
Promovido pela Rede Record de televisão, o concurso “O maior imitador do Brasil” teve estréia em Dezembro de 2010, e entre os finalistas Marlon Rossy que também atua como cantor e imitador.

Entre participantes de todo Brasil, o concurso consiste em eleger o artista que melhor possa representar atuar e convencer os telespectadores do seu desempenho como imitador de outros artistas já renomados. Todos os participantes terão seus trabalhos avaliados por um júri composto por humoristas.

“Participar de concursos como esse é uma grande oportunidade,” destacou Rossy. O concurso abrangeu cerca de 1.500 inscritos, foram 60 selecionados para participarem do Programa, e na fase atual, apresenta 10 finalistas. Marlon Rossy está entre os 10 maiores imitadores do Brasil.

MARLON ROSSY – atua como imitador de vários artistas do Brasil há mais de 10 anos. Iniciou sua carreira em Bandas de Baile como tecladista e acompanhando alguns cantores. Neste período desenvolveu uma técnica vocal na qual conseguia …

O ontem e o hoje ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Ontem revi o meu amor. Amor que não dimensiona o valor de um sentimento profundo, antigo. O coração bateu forte de novo. Não posso me deixar levar por esse sentimento invasivo que me toma por inteira, me tira a capacidade de raciocínio, a sensatez e muitas vezes a razão.

Nesses momentos não existe bom senso dentro da gente. Nos meus doces devaneios tolos fico pensando em mil e uma possibilidades de vida, mas até em sonhos alguma coisa nos afasta, me embaça a memória, indefine essa situação. Mas que situação ? Não existe situação.

Hoje é quinta-feira santa, as famílias se preparam para almoços de confraternização. Eu estou só. Mais um ano de luta, mais um ano de dificuldades, de esperança. Não posso perder a esperança de uma vida melhor e mais amena.

Tenho muita ‘culpa no cartório’ como se diz à boca miúda. Tudo o que vivo, o que sou, o que sinto são resultados das minhas próprias escolhas. A gente é o que é e pronto. Se o mundo inteiro m…

Noite insone

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Toda noite é assim: insone e de muitas lembranças; durmo tarde. Um dia alguém me disse que quem ‘vive de passado é museu’, por conta do meu jeito de ser amolecida e saudosa. Pois então, ultimamente eu tenho vivido desse passado, talvez pela falta de um presente mais consistente. Um passado cheio de pequenas histórias, de muitas e queridas lembranças.

As coisas tristes que me fizeram sofrer eu confesso que gostaria de esquecer, trancar de cadeado no baú da minha memória ou deletar de vez do meu pensamento, não quero sentir rancor de nada, nem de ninguém. Mas a gente não passa impune na vida e não dá, simplesmente para ignorar tudo o que vivemos.

Cada música que escuto; cada detalhe da minha vida, cada parte da minha história. Não dá para ignorar que sou fruto hoje desse passado vivido. Sou uma mulher que não tem medo de me revelar por inteira, que não tem vergonha do seu passado nem da sua vida.

Tudo o que eu fiz foi pensando em ser feliz, em realizar m…

A Semana Santa ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Nesta sexta-feira, 21 de abril, é Dia da Paixão de Cristo. Para a nossa família, quando éramos crianças, essa era uma data muito triste, mas em compensação tínhamos como recompensa a toda aquela tristeza, as comidas que a minha mãe fazia nessa época do ano.

Meus pais e meus avós jejuavam na Semana Santa e nos dias normais comiam carne de segunda a quinta-feira, na sexta não podia e voltava a comer no sábado. Era tradição e ainda hoje muitas pessoas católicas ainda seguem esse ritual.

Na Semana Santa, da quarta até a sexta-feira, os nossos almoços lá em casa eram regados a muita comida no coco, peixe, bacalhau, sururu e outras delícias; de sobremesa e para o café mamãe fazia bolos diversos, pés-de-moleques, cocada e tanta coisa gostosa que a gente se fartava.

Os rituais da Igreja eram sempre seguidos pela minha família e na Sexta-feira da Paixão nós acompanhávamos nossos pais na procissão do Senhor Morto, numa tristeza contrita e profunda, depois íam…

Lá vem o trem ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Da varanda de casa miro o pátio da Estação Ferroviária; daqui a pouco vai passar o trem, que já está com os dias contados. Será substituído pelo Veículo Leve sobre Trilhos o VLT ou Veletê, como o gente diz na Tribuna Independente.

O trem, da maneira como ainda vem sendo usado, já não desperta tanto o interesse da população para o deslocamento, apesar de ser um transporte barato. A estrutura é velha, sem segurança e precisa mesmo ser atualizado, com urgência.

Para quem alcançou o auge desse tipo de transporte, até a década de 70 e início dos anos 80 do século XX, em Alagoas, era o principal meio de locomoção da maior parte da população.

Pra a gente viajar de União dos Palmares até Maceió, a principal via de acesso de carro ou ônibus era pela Rua da Ponte, passando em frente da entrada da Fazenda Jurema e seguia adiante. As estradas esburacadas e de barro, as pontes eram muito perigosas e de madeira e dessa forma, andar de trem era mais seguro e van…

Cantora com raízes palmarinas lançará disco em Brasília

Imagem
A capital federal, berço da mistura cultural de um país, desperta um novo nome na Música Popular Brasileira, Ana Reis é a mais nova voz do Samba Brasiliense, ritmo musical nascido em terras cariocas, tem ramificações por todas as regiões do Brasil.

Filha do palmarino Sebastião de Lucena Sarmento e da mineira Mariângela Reis Sarmento, Ana Reis nasceu em Brasília e desde a infância é apaixonada pela música, sendo presenteada quando criança com um piano. Ana foi membro de um coral chamado Laugi, tendo uma infância e juventude despertada pelo meio artístico musical.

Em janeiro de 2007, Ana Reis veio se apresentar no Projeto Viola Enluarada em União dos Palmares-Alagoas, cidade essa escolhida por Ana para curtir suas férias.
Há anos na carreira musical a cantora e compositora formada em Farmácia pela Universidade de Brasília (UnB), irá lançar o seu primeiro disco que reúne doze músicas (maioria de sua autoria), trazendo aos amantes da boa música, um ritmo gostoso de curtir e que tem tudo a…

O pensamento vai longe ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

O pensamento leva a gente a fazer muitas viagens e também a cometer loucuras, às vezes. É em pensamento que eu posso desejar que o impossível ou o ’quase impossível’ aconteça na minha vida. Quando as coisas já não dependem de nós e da nossa vontade, só nos resta apelar para a criatividade da nossa imaginação ou então para as orações aos santos protetores, é o jeito.

Mas se determinada situação dependesse dos meus sonhos e orações, hoje talvez eu pudesse afirmar que seria uma pessoa feliz, realizada e cheia de vitalidade. A gente não domina o pensamento e quando menos esperamos, já estamos de novo viajando...

Todos nós cometemos erros na vida, mas essas falhas que a gente comete vão fazendo com que aprendamos, nos servem de lição para ocasiões futuras. Às vezes a gente nem amadurece e nem aprende, mas é preciso que saibamos reconhecer os erros dos outros e perdoá-los também.

Eu gostaria e seria muito feliz se tivesse sido perdoada pelas faltas que…

Não sei ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Não sei porquê me impaciento e me angustio se eu tenho consciência de que não posso resolver todos os meus problemas e situações adversas. Às vezes me acho incompetente para isso. Dizem que para o que não tem remédio, remediado está. Sabedoria dos antigos que a gente deveria adotar sem sofrimentos. Parece frase feita, mas não é.

Impaciento-me por conta de algo que não vou conseguir alcançar de volta. É passado, passou. Nos séculos antigos ser romântico era uma qualidade. Muitos herois e heroínas sucumbiram por causa de questões amorosas e mal resolvidas.

O tempo voou, a moda do romantismo se foi, não sei se para o bem ou para o mal, mas para os sentimentos os modismos não contam. Vivemos atualmente numa sociedade de consumo, sexista, materialista, onde os sentimentos mais delicados são encarados como fraqueza.

Tem dias que me sinto fragilizada, de outro mundo, me acho incapacitada para a praticidade da vida, não acredito mais no amor, no entanto, q…

Jornalistas votam segunda-feira contraproposta salarial das empresas

O Sindicato dos Jornalistas de Alagoas convoca todos os jornalistas de sua base para uma assembléia geral na próxima segunda-feira, dia 18/04/2011, às 20 horas, na sede da entidade, para discutir e deliberar sobre a contraproposta das empresas de comunicação à Convenção Coletiva de Trabalho 2011/2012, conforme descrita abaixo:

REAJUSTE SALARIAL: reposição da inflação acumulada (INPC-IBGE) entre maio de 2010 e abril de 2011 (doze meses)

AUMENTO REAL: negado

REAJUSTE DO AUXÍLIO CRECHE: está garantido o índice da inflação acumulada entre maio de 2010 e abril de 2011. As empresas ficaram de responder na terça-feira se concederão algo mais. A reivindicação dos jornalistas é um auxílio creche de R$ 150,00. Atualmente é R$ 112,00.

REAJUSTE DAS DIÁRIAS: será pelo índice da inflação acumulada entre maio de 2010 e abril de 2011.

CREDENCIAIS DO FUTEBOL: As empresas concordam em adquirir junto à ACDA, com pagamento da anuidade, carteiras para os jornalistas utilizarem na cobertura dos jogos.

DIREITO AU…

Revivendo a infância...

Imagem
Na Rua da Ponte: meus irmãos Paulinho e Petrúcio, eu e Dob, nosso cão da infância...

Treze anos se passaram...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

No dia 12 de abril completou 13 anos da morte do meu querido pai. Treze anos se passaram; o tempo ‘anda’ muito rápido e a gente nem percebe o que vai ficando para trás. As lembranças são muitas.

Eu e meu pai tínhamos uma sintonia muito forte; interiormente éramos muito parecidos, apesar da diferença de idade. Ele era mais idealista, mais sonhador que a minha mãe. Apesar da simplicidade dele, nós nos entendíamos melhor nos nossos gostos e afinidades.

Foi em 12 de abril de 1998 que recebi a notícia do falecimento de seu João. Meu pai ficou inválido durante 14 anos, sem ir para a missa, sem fazer os seus passeios à Pracinha do Cinema, sem ir no viaduto, coisas que gostava muito de fazer.

Apesar de sabermos que ele estava muito fraquinho, por conta das complicações provocadas pela ataxia, recebi a notícia com muita tristeza. Ia embora com meu pai outra parte de mim, a parte melhor.

Com a morte do meu pai eu perdi um grande amigo, p…

Assembleia cria Comissão Parlamentar de Inquérito

Fonte: Gazetaweb - com Bruno Soriano

A Assembleia Legislativa de Alagoas criou, nesta quinta-feira (14), mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), desta feita para investigar denúncias acerca de deficiências relacionadas ao serviço ofertado pela operadora de telefonia TIM.

De acordo com o vice-presidente do Legislativo e que presidiu os trabalhos desta quarta (13), deputado Antônio Albuquerque (PTdoB), os nomes dos parlamentares que terão a responsabilidade de buscar respostas às constantes reclamações de usuários serão publicados na edição desta quinta do Diário Oficial do Estado.

A comissão será formada pelos deputados Ricardo Nezinho (PTdoB), Sérgio Toledo (PDT) Gilvan Barros (PSDB), Ronaldo Medeiros (PT) e Dudu Hollanda (PMN), com Luiz Dantas (PMDB) e Jota Cavalcante (PDT) como suplentes. A iniciativa foi fruto de requerimento apresentado pelo deputado Ricardo Nezinho e aprovado à unanimidade dos votos em sessão plenária.

A semana na ALE

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista
(Texto e foto)

A semana legislativa na Casa de Tavares Bastos começou ontem sem votação e com algumas falas polêmicas. Na tarde de hoje o tema foi o prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PP), que ultimamente está na berlinda sendo alvo de muitas críticas na imprensa, desde que foi iniciado o debate na Câmara de Vereadores a questão do Lixão.

O deputado estadual Dudu Holanda (PMN) usou a tribuna da Assembleia hoje para fazer alguns questionamentos sobre segurança pública e aproveitou para ‘elogiar e exaltar’ Almeida.

Holanda relatou que Cícero Almeida foi o melhor prefeito que Maceió poderia desejar e por onde se olha, na capital, se observa melhoria.

“A gestão do prefeito Cícero foi a melhor para a população de Maceió, não há como questionar, desde da época da Câmara de Maceió tenho consciência deste grande feito”, observou.

Já o deputado Jeferson Moraes (DEM), que defendeu a extinção do Conselho de Segurança na sessão de ontem e tem sido um crítico sobre …

Veto ao diploma tem votação adiada

Imagem
Jornalistas mantêm vigília na Assembléia, hoje e amanhã

Foi adiada para esta quarta ou quinta-feira a apreciação do veto ao projeto de lei 643/2010, que estabelece a exigência de diploma para a contratação de jornalistas no Estado.

O motivo, segundo a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, é a existência de outro veto na Casa, que tem prioridade de votação e está trancando a pauta. Os deputados buscam entendimento para votar ambos em uma mesma sessão, o que deve acontecer ainda esta semana.

Diversos profissionais e estudantes de jornalismo, liderados pelo Sindicato dos Jornalistas e diretórios acadêmicos, compareceram à Assembléia nesta terça-feira para conversar mais uma vez com os parlamentares e acompanhar a votação da matéria.

Durante os contatos, deputados voltaram a defender o projeto de exigência do diploma, garantindo que vão votar contra o veto do governo. Jornalistas e estudantes ficaram de voltar ao Legislativo nesta quarta e quinta-feira, para acompanhar de perto o desfech…

ALE realiza sessão sobre o Dia do Índio

No próximo dia 18, segunda-feira, a Assembleia Legislativa realiza sessão especial, às 15h, para debater as questões enfrentadas pelos povos indígenas alagoanos e por conta da passagem do Dia do Índio, celebrado no dia 19 de abril. A audiência pública é de autoria do deputado estadual Judson Cabral (PT), em parceria com o Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

Meio ambiente

Está tramitando nas comissões temáticas da Assembleia Legislativa um projeto de lei de autoria do deputado João Henrique Caldas (PTN), que dispõe sobre o uso de sacolas plásticas biodegradáveis em estabelecimentos comerciais de todo o território alagoano. JHC justifica a iniciativa alegando que as tradicionais sacolas plásticas utilizadas fartamente pelos comerciantes “são de difícil degradação pela natureza, podendo levar, aproximadamente, 500 anos para se decompor no meio ambiente”.

Resíduos sólidos

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara Federal realiza audiência pública nesta terça-feira (12) para debat…

NOTA DE REPÚDIO AO DEPUTADO FEDERAL JAIR BOLSONARO

A Comissão Nacional dos Jornalistas pela Igualdade Etnicorracial (Conajira) da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudia as declarações racistas e homofóbicas feitas pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), em um veículo de comunicação.

O episódio protagonizado pelo deputado, infelizmente, não é uma gota de água no meio de um oceano. Apenas por ter sido veiculado pela televisão ganhou a dimensão vista por todos/as nós. Este fato integra uma série de reações contrárias às históricas reivindicações feitas por movimentos sociais, especialmente o Movimento Negro.

O histórico de atuação deste parlamentar registra ter ele, no mínimo, transitado na fronteira do fascismo, o que compromete o estado democrático de direito reimplantado desde 1985, ano marco do processo de redemocratização do País.

Um parlamentar não pode dizer o que ele disse ao ser entrevistado em um programa de tv, mesmo discordando das posições do Movimento Negro e de outros movimentos sociais. Como deputado federa…

Fazia tempo ...

Imagem
Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Fazia tempo que eu não via o meu amor...
Amor que se transformou apenas numa lembrança ...
Estava abatido o meu amor, que já não tem mais o vigor de antes...

O tempo passou para nós,
já não somos mais aqueles jovens de antes, ávidos de desejos...

O tempo leva e cura as feridas: do corpo e da alma...
Minha alma sofrida, maltratada, humilhada...
Meu corpo já não responde mais aos mesmos estímulos de antes...

Fazia tempo que eu não via o meu amor...
Amor de tantos anos, amor de juventude, amor de uma vida, vida que os poucos vai findando, tal qual vela acesa, que vai minguando, apagando ...

Fazia tempo que eu não via o meu amor...
O tempo vai levando tudo, até as ilusões, os sonhos e a juventude.
Tempo que às vezes se põe implacável, cruel...

Fazia tempo que eu não via o meu amor...

Sessão marcada por críticas da oposição ao Governo do Estado

Imagem
Foto assessoria do deputado Ronaldo Medeiros


Olívia de Cássia – jornalista

Sem um líder do governo na Casa de Tavares Bastos, a oposição preenche esse espaço e quase todos os dias aproveita para fazer críticas à gestão de Téo Vilela. O deputado Ronaldo Medeiros (PT) tem sido uma voz recorrente na ALE e na tarde desta terça-feira, 5, usou a tribuna para falar de setores que estão em crise no Estado, como a segurança, que tem sido alvo de muitas críticas no Legislativo.

Medeiros disse que fez uma visita ao IML (Instituto Médico Legal), semana passada, e chegando lá cerca de 100 famílias aguardavam a liberação de corpos de entes queridos, inclusive um corpo de um homem que tinha morrido vítima da superbactéria.

O deputado falou que se dirigiu a um médico que estava no local, e o profissional justificou a falta de água em Maceió para toda aquela situação. Medeiros observou que o Corpo de Bombeiros não tinha ido lá porque estava apagando incêndio numa loja de artesanato (O Pavilhão d…

Bancada federal de Alagoas reafirma apoio ao diploma de jornalista

Imagem
Deputados estaduais também prometem derrubar veto de Téo Vilela a exigência do diploma


Deputados da bancada federal de Alagoas se reuniram com jornalistas nesta segunda-feira, para reafirmar o apoio às PECs 386/09 e 33/09, da Câmara e do Senado, que restabelecem a exigência do diploma para o exercício da profissão de jornalista.

O Encontro aconteceu durante café da manhã com a imprensa, organizado pelo Sindicato dos Jornalistas no Hotel Ponta Verde. Na oportunidade, os parlamentares também se congratularam com os profissionais pela passagem do Dia do Jornalista, que ocorre na quinta-feira, dia 7 de abril.

Ao reafirmarem que são favoráveis às PECs, os parlamentares prometeram se empenhar para agilizar a tramitação das matérias e colocá-las na ordem do dia da Câmara e do Senado.

Alguns deputados que não participaram da legislatura anterior, quando a PEC 386/09 foi apresentada na Câmara e aprovada na Comissão de Constituição e Justiça, também anunciaram voto favorável à Proposta, comprom…

Notícias - Alagoas 24 Horas: Líder em Notícias On-line de Alagoas

Lixão de União volta a queimar e gera transtornos à população

Imagem
Fotos de João Paulo Farias
Olívia de Cássia - jornalista

Moradores de União dos Palmares denunciam que um incêndio no Lixão da cidade voltou a causar problemas na região da Fazenda Frios. A fumaça começou a se espalhar, em grandes proporções, na tarde de quinta-feira, 31, e se alastra há mais de 24 horas.

Segundo informações desses mesmos moradores, o incêndio teve início no local quando um veículo da Secretaria Municipal de Saúde de União despejou resíduos de laboratórios e postos de saúde. Pouco tempo depois o fogo se alastrou e tomou grande parte da região.

Para minimizar esse problema e diminuir os efeitos danosos que traz à população da cidade, a Prefeitura de União, por recomendação do Ministério Público, aprovou um projeto do professor e mestre Claudionor Oliveira, mas a execução do projeto ainda não aconteceu.

Segundo os moradores, a execução do projeto de remanejamento começaria nesta sexta-feira, mas foi adiado porque o maquinário que seria utilizado para…