Postagens

Mostrando postagens de 2013

O Ano-Novo vai chegando...

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista
Natal e Ano-Novo para mim sempre foram datas que me deixavam introspectiva, chorosa e pensativa, saudosa de pessoas queridas e de coisas que eu nem avaliava que me fizessem tão densa, tão introspectiva. Os anos passaram e continuo sentindo as mesmas sensações, agora mais acentuadas com o peso da idade e com as perdas dos anos vividos.
Agora, o ano-velho vai se despedindo aos  poucos, nesta tarde saudosa, que cai, é quase noite, dando lugar aos novos ares de um novo tempo, do ano-novo que se  aproxima. A tarde está quente e faz lembrar nossas tardes de verão de muitos anos que já se passaram, de muitas vivências e de muito aprendizado.
Nessa época do ano lá em casa, em União dos Palmares, costumávamos receber muitas visitas, de parentes que moravam fora e dos primos que iam passar as festas em União. Era uma festa aquelas novidades: eu passava a noite toda de conversa e muita folia nas camas, fazendo guerras de travesseiros, fazendo confidências e ouvindo…

Feliz Natal!

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista

Algumas horas precedem a ceia de Natal; este ano teremos, em nossa rua, um personagem a menos em nosso convívio, em nossa ceia tradicional, meu amado irmão que se foi nos deixando muita saudade. A vida é assim: cheia de perdas e de ganhos; às vezes temos mais perdas do que vitórias, mas elas também fazem parte do processo de amadurecimento.

Chegou o Natal: é tempo de confraternização, de solidariedade e tempo de nós pensarmos que podemos ser melhores se a gente se dedicar a um projeto de paz, de doação, solidariedade e de amor. Tempo de se fazer reflexões que possam nos levar para melhores caminhos, eu acredito nisso.

A humanidade passa atualmente por um processo que aponta a humildade e a gentileza como vias a serem seguidas. Não há crescimento interior se as pessoas não investirem em si mesmo; se voltarem para o outro e chegarem à conclusão de que é preciso mudar, antes de perseguirem qualquer projeto de mudança na sociedade.

Os anos passaram muito rapidame…

Retrospectiva 2013

Imagem
Olívia de Cássia – Jornalista
Lá vai 2013 terminando e no balanço de pros e contra, posso dizer que este ano foi denso de situações pesadas e desconfortáveis, mas que conseguimos superá-las, ou pelo menos tentamos, no dia a dia.

Logo no começo do ano perdi dois amigos queridos: Silvio Sarmento,  no dia 7 de março e Cleria Lilian (Kelly) dia 28 do mesmo mês. Silvio nos foi levado por um infarto fulminante e Kelly brutalmente assassinada por um monstro sem coração. 
Agora em dezembro, dia 6, perdi meu irmão, uma pessoa querida e que sempre esteve presente em minha vida. Eu tenho consciência que as perdas fazem parte da vida e que devemos continuar nossa  rotina, lutando por dias melhores e mais justos, mas todas elas nos trouxeram sofrimentos.
No campo profissional posso dizer que foi um ano melhor, de conquistas e algumas realizações e espero que em 2014 eu possa galgar alguns degraus a mais de aprendizado profissional. Por mais que tenhamos chão de batente, sempre temos algo a apren…

Seis salões de beleza em Maceió foram fiscalizados ontem pelo Procon

Imagem
Foto: Sandro Lima Olívia de Cássia-Repórter
Dando prosseguimento à Operação Natal Seguro, o Procon\AL fiscalizou na tarde de ontem seis salões de beleza de Maceió, em bairros como a Pajuçara e a Ponta Verde, para verificar se as normas de qualidade e segurança de consumo estão sendo seguidas nos estabelecimentos comerciais, como a quantidade de formol nos produtos. A fiscalização nos salões continua nesta quinta-feira (19).
Segundo o fiscal Renato Vasquez, o objetivo da fiscalização nos salões é observar os produtos que podem oferecer risco à saúde do consumidor, “como a composição química excessiva de formol, mas não encontramos nenhuma irregularidade”, destaca.
Segundo ele, a continuidade da Operação Natal Mais Seguro, em Maceió, vai depender das demandas que o Procon encontrar. “O prazo pode ser estendido porque tudo o que se refere ao consumo nesta época do ano será fiscalizado, como prevenção à saúde do consumidor. O que houver demanda nos diversos segmentos de consumo será fis…

Temos tempo...

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira
Temos tempo ainda, de viver o que nos resta: Tempo de semear o que temos de melhor, De fazer amizades, de Viver o encantamento De um nascer do dia, O pôr do sol, de acreditar Que podemos ser melhores A cada dia, a cada instante.

Começam as análises

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista

Em tempos de pré-eleição, é bom a gente ficar de olho para não cair na esparrela de alguns analistas políticos de plantão, que surgem de tempos em tempos, fazendo picuinhas, detratando pessoas e procurando desqualificar a índole de alguns personagens públicos. É bem verdade que muitos dos nossos ilustres políticos estão desacreditados na sociedade e se não mostrarem propostas concretas e trabalho terão dificuldade para se eleger.
Fui convidada por esses dias em uma rede social para participar de um ato contra um amigo meu que é gestor num município do interior do Estado:  respondi à pessoa que me fez o convite que não uso aquela ferramenta para detratar político nenhum, muito menos um amigo de infância e que uso o local para divulgar meu trabalho, fazer amigos, interagir com eles e me divertir: e só.
Creio que minha resposta não deve ter agradado, mas a essa altura da minha vida, já passei da idade de esbravejar contra quem quer que seja e prefiro anali…

Socorram o Rio Mundaú

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira
Meu amado Rio Mundaú, o rio da minha infância, Pede socorro. Clemência  para quem pode socorrê-lo: Da poluição, dos maus tratos e da indiferença do ser humano, Da falta de consciência política e de sensibilidade. Percorri vários trechos do meu amado rio de tantos banhos na infância e ele agoniza. Era como se pedisse socorro!  Eu ouvi seus gritos. Socorram
o Rio Mundaú!

Fiscais do Procon fazem apreensão em supermercados de Maceió

Imagem
Operação Natal Seguro começou na segunda-feira e hoje continua em restaurantes e similares
Olívia de Cássia – Repórter

A Operação Natal Seguro, realizada pelo Procon\AL, já fiscalizou mais de 40 supermercados de Maceió e tem como objetivo, verificar se os alimentos estão próprios para o consumo, de acordo com as normas estabelecidas pela legislação. Durante a operação, os fiscais do Procon encontraram várias irregularidades, entre elas, produtos com a validade vencida, embalagens violadas, latas amassadas, iogurtes vencidos, carnes e peixes estragados. 
A operação terá continuidade nesta quinta-feira, em restaurantes e similares e se estenderá até o dia 20 deste mês, em vários estabelecimentos comerciais da capital alagoana. Segundo Denis Malta, diretor de fiscalização e coordenador da equipe, a operação percorreu bairros de toda a parte baixa de Maceió, como a Ponta Verde, Levada, Trapiche, Poço, Mangabeiras, Jatiúca e também a Serraria e o Tabuleiro. “Terminou nos supermercados e c…

Eu tenho em mim...

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Eu tenho em mim
uma mulher que pensa,
rir e não tem medo de chorar.
Eu tenho em mim uma criança
que ainda acredita na vida,
apesar de tudo.
que se encanta
com a simplicidade,
com o pôr do sol, o mar,
o nascimento da lua.
Eu tenho em mim um ser errante
Que busca em si a harmonia
para viver em paz.

Alexsandro Silva é condenado a 21 anos em regime fechado

Imagem
Com informações do Tribuna União
Alexsandro da Silva Ferreira, culpado pelo assassinato de Cleria Lilian Vilas Boas, a Kelly, 34 anos, foi condenado a 21 anos de prisão em regime fechado mais os encargos processuais. O júri popular aconteceu durante a manhã e a tarde desta segunda-feira, 9.
Segundo o site Tribuna União, do jornalista Antônio Aragão, o juiz Antonio Rafael Ferreira, da 3ª Vara de Justiça de União dos Palmares, pronunciou a menos de 20 minutos a sentença de condenação de Alexsandro da Silva Ferreira conhecido como ‘Sandro’ ou ‘Alex’, que no dia 28 de março deste ano matou, por esganamento, a assessora da Defesa Civil de União, Cléria Lilian Vilas Boas conhecida como ‘Kelly.
O assassinato ocorreu no interior da residência de uma tia da vitima, na Rua Edgar Sarmento,  conhecida como ‘Rua Nova’ no centro de União dos Palmares.
O julgamento teve como patrono de defesa do réu o advogado José Nildo Soares; o acusado teve em seu desfavor as sanções do art. 121, parágrafo II, …

Como dói essa dor...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
Essa dor que eu e minha família estamos sentindo, pela perda do meu irmão Petrônio José, na última sexta-feira, 6, é uma dor já sentida várias vezes, pela perda de outros entes queridos,  igual ou da mesma intensidade à dor de quando perdi meus pais.
Tenho a consciência de que a gente não entende os desígnios de Deus; só ele sabe o que é melhor para todos nós, mediante a dor e ao destino de cada um. Mas perder um irmão que era sempre presente em minha vida me causa um vazio enorme.
Dentro de mim existe um turbilhão de sentimentos: de saudade, de vazio, de me sentir tão pequena e impossibilitada de mudar o destino, que às vezes sou capaz de me sentir invisível. Nós não somos nada diante da vida e não levaremos nada dela, apenas as boas ações, como diria o poeta.
De que adianta ter orgulho, ser egoísta, valorizar bens materiais se quando chega aquela hora fatal todos nós somos igualados? Ver meu irmão sofrendo daquele jeito também me causava um desespero…

Médicos cubanos chegam a União dos Palmares

Imagem
Por João Paulo Farias – Texto e Fotos
O município de União dos Palmares recebeu na tarde desta quinta-feira, 5, três dos quatro médicos do Programa Mais Médicos lançado pelo Governo Federal em julho deste ano. Os profissionais foram recebidos na prefeitura do município durante cerimônia que reuniu centenas de pessoas, entre autoridades e funcionários.

Apesar de falar pouco português, os médicos cubanos conseguiam entender bem as pessoas. O guia de turismo, Carlos Santos, fez uma tradução simultânea dando boas vindas aos médicos em espanhol.

A secretária de saúde, Carla Theresa, falou da importância de trazer os médicos estrangeiros para reforçar o quadro de profissionais no município. “O empenho do prefeito Beto Baía, que é médico, foi de extrema importância para a vinda deles, que irão reforçar a saúde de União”, disse.

Carla ressalta que é preciso que a população apoie os médicos. “os nossos profissionais da saúde e nossos médicos que trabalham aqui irão ajudá-los nesse novo desafio…

Djavan traz o show 'Rua dos Amores' para o aniversário dos 198 anos de Maceió

Imagem
Foto: Jorge Barboza

Dizendo-se mais próximo de Alagoas, cantor afirma que quer ajudar e que deseja que as visitas  à capital sejam mais frequentes


Jorge Barboza


Aniversário de Maceió, todo mundo celebrando nesta quinta-feira (5), no estacionamento do Jaraguá (região central da cidade), onde será realizada a comemoração que está sendo preparada pela prefeitura. Mas o bom mesmo – além, claro, das performances de artistas como o ator Ronaldo de Andrade e músicos como Carlos Moura, Eliezer Setton e Geraldo Cardoso – será o show do grande Hermeto Pascoal, logo seguido por Djavan.
Djavan deu entrevista coletiva nesta terça-feira (3), no hotel Radisson, na Pajuçara, e afirmou ao Alagoas Boreal que, sim, ele está disponível para vir a Alagoas sempre que for chamado, desde que a agenda de compromissos permita. “Eu quero influir nas coisas aqui em Alagoas, quero ajudar, se é que eu posso fazer alguma coisa”, disse o cantor e compositor que é, afinal, o maior nome da música alagoana.
Ele estreou a tu…

À procura de mim...

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Andei num vale encantado
de muitas flores 
e águas cristalinas...
Na floresta encantada
eu procurei a pureza perdida, 
A promessa que não foi cumprida,
uma mão estendida
Um abraço apertado,
um beijo perdido...
Perambulei por ruas íngremes
da minha solidão encantada...
E não achei o objeto
dos meus sonhos,
Onde havia florestas
e pássaros que cantavam
Alegremente naquele dia...

À primeira vista

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Eu te amei 
desde a primeira vez 
que eu te vi. 
Foi encantamento 
adolescente o que senti.
Ninguém podia imaginar
a intensidade
Daquele sentimento
que nascia em mim
Pela primeira vez.
Meus olhos te seguiam
Em toda a parte
e quando você partiu,
Levou um pedaço de mim
e tudo se transformou
em minha vida;
Eu tive que
reaprender a viver
Sem a tua presença,
sem o teu carinho...
Meu mundo
Desmoronou
e eu tive
Que reaprender
a caminhar,
sozinha.

À flor da pele

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Minhas emoções 
vão surgindo,
À medida 
que o tempo passa
E fico só.
Idealizo você,
invento
Penso em ti,
como se você
já existisse
há anos
Em minha vida
Penso no tudo,
no nada.
Não fomos nada,
Não nos descobrimos.
Sentimentos á flor da pele.

Eu te procurei...

Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Eu te procurei
em cada canto do olhar.
Procurei em cada rua,
em cada paisagem,
Inutilmente.
Parece que tudo conspira
Contra a minha vontade
Impulsiva de encontrar você;
É melhor assim,
bem sei, bem sabes.

Mostra Sururu leva cinema alagoano para a praia de Pajuçara

Imagem
Em sua quarta edição, evento será realizado pela primeira vez na Praça Multieventos

A Mostra Sururu de Cinema Alagoano acontece especialmente em 2013 na Praça Multieventos, entre os dias 6 e 9 de dezembro. Realizada pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas de Alagoas (ABD&C/AL), a mostra tem como objetivo estimular a produção do audiovisual alagoano.
Este ano a Sururu traz uma mostra competitiva com 22 filmes realizados em Alagoas além de debates a cerca do tema. Os trabalhos que irão competir a 4ª edição da Mostra Sururu foram selecionados entre 49 filmes inscritos, um recorde.
A comissão de seleção foi composta pelos membros do Cineclube Projeção. As peliculas concorrem em 11 categorias a soma total de R$ 18 mil em prêmios. Além do troféu Algás de Melhor Ficção e Melhor Documentário, também serão eleitos o melhor diretor; roteiro; ator; atriz; direção de fotografia; montagem; desenho de som, trilha sonora e direção de arte.
Os vencedores serão anunciado…

Colunista da Tribuna Independente, Barolomeu Dresch receberá Medalha Denis Agra, hoje

Imagem
(Foto: Divulgação)
Olívia de Cássia – Repórter
O jornalista Bartolomeu Dresch, colunista político da Tribuna Independente, será homenageado neste sábado, 30, com a Medalha Denis Agra, na entrega do Prêmio Braskem de Jornalismo, que acontece na casa de eventos Pierre Chalita.
 A solenidade, terá início às 21 horas e vai reunir cerca de 700 convidados, entre profissionais da imprensa, estudantes de jornalismo, empresários da comunicação e autoridades.
A homenagem ao jornalista da Tribuna é um reconhecimento da categoria à vida profissional, à retidão de caráter e ao esforço pessoal dedicado por ele à luta e à organização da categoria.
Com 35 anos de jornalismo no Estado e tendo participado de pelo menos quatro diretorias do Sindicato dos Jornalistas (Sindjornal), o jornalista gaúcho radicado na Terra dos Marechais conta que é uma honra receber a homenagem.
“Para mim é uma honra receber esta homenagem; tive a oportunidade de trabalhar com Denis Agra, de participar da diretoria da entid…

Falta de interesse e questão financeira podem gerar desinteresse por seguro residencial

Imagem
Foto: Adailson Calheiros  Olívia de Cássia – Repórter
Por falta de interesse, não ter o hábito ou por questão financeira, muitos alagoanos ainda não têm o seguro residencial e deixa de usufruir as vantagens de sua cobertura. Segundo Adalmo  de Medeiros Júnior, proprietário da corretora de Seguros Discreta, em Alagoas pouca gente procura o seguro residencial, porque, segundo ele, em Maceió não tem esse hábito.  “Apenas nos condomínios fechados isso acontece com alguma frequência. Em dois anos o aumento foi de 15%, não cresceu mais do que isso”, informa. Adalmo de Medeiros destaca que tem 28 anos de mercado nesse ramo e durante esse tempo no Estado, se ele fez 100 clientes foi muito. “Não teve sinistros de roubos em residência de algum segurado cliente meu: não temos estatísticas, porque não é todo mundo que tem o hábito de seguro residencial em Alagoas, diferente do Sul”, ressalta. O corretor disse à reportagem que o que aumentou no Estado foi a procura pelo seguro de automóveis, por conta…

Pragas urbanas afetam a saúde e causam prejuízos à população

Imagem
Olívia de Cássia – Repórter
As pragas urbanas afetam a saúde das populações e podem causar muitos prejuízos financeiros. Ultimamente algumas cidades estão sendo invadidas por algumas delas  e  segundo alguns especialistas procurados pela reportagem do blog, o fato se dá pelo desequilíbrio ambiental. Luis Cláudio e Cícero da Silva são sócios em uma empresa de dedetização em Maceió e observam que as pragas mais comuns no verão nas cidades pela ordem, são: cupins, baratas, formigas, pombos (em qualquer época do ano), pixilingas, carrapatos, escorpião, pulga e morcegos. Para fazer o tratamento para matar os cupins, por exemplo, que se proliferam muito mais no verão, eles contam que fazem uma barreira química e que cada praga é um procedimento específico.  Eles observam que os cupins não causam mal à saúde, mas causam transtornos sérios.  “O desequilíbrio do meio ambiente é o que causa o aumento das pragas. No caso do cupim, o habitat dele é o solo e eles criam uma subcolônia (em árvores) e f…