Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Colunista da Tribuna Independente, Barolomeu Dresch receberá Medalha Denis Agra, hoje

Imagem
(Foto: Divulgação)
Olívia de Cássia – Repórter
O jornalista Bartolomeu Dresch, colunista político da Tribuna Independente, será homenageado neste sábado, 30, com a Medalha Denis Agra, na entrega do Prêmio Braskem de Jornalismo, que acontece na casa de eventos Pierre Chalita.
 A solenidade, terá início às 21 horas e vai reunir cerca de 700 convidados, entre profissionais da imprensa, estudantes de jornalismo, empresários da comunicação e autoridades.
A homenagem ao jornalista da Tribuna é um reconhecimento da categoria à vida profissional, à retidão de caráter e ao esforço pessoal dedicado por ele à luta e à organização da categoria.
Com 35 anos de jornalismo no Estado e tendo participado de pelo menos quatro diretorias do Sindicato dos Jornalistas (Sindjornal), o jornalista gaúcho radicado na Terra dos Marechais conta que é uma honra receber a homenagem.
“Para mim é uma honra receber esta homenagem; tive a oportunidade de trabalhar com Denis Agra, de participar da diretoria da entid…

Falta de interesse e questão financeira podem gerar desinteresse por seguro residencial

Imagem
Foto: Adailson Calheiros  Olívia de Cássia – Repórter
Por falta de interesse, não ter o hábito ou por questão financeira, muitos alagoanos ainda não têm o seguro residencial e deixa de usufruir as vantagens de sua cobertura. Segundo Adalmo  de Medeiros Júnior, proprietário da corretora de Seguros Discreta, em Alagoas pouca gente procura o seguro residencial, porque, segundo ele, em Maceió não tem esse hábito.  “Apenas nos condomínios fechados isso acontece com alguma frequência. Em dois anos o aumento foi de 15%, não cresceu mais do que isso”, informa. Adalmo de Medeiros destaca que tem 28 anos de mercado nesse ramo e durante esse tempo no Estado, se ele fez 100 clientes foi muito. “Não teve sinistros de roubos em residência de algum segurado cliente meu: não temos estatísticas, porque não é todo mundo que tem o hábito de seguro residencial em Alagoas, diferente do Sul”, ressalta. O corretor disse à reportagem que o que aumentou no Estado foi a procura pelo seguro de automóveis, por conta…

Pragas urbanas afetam a saúde e causam prejuízos à população

Imagem
Olívia de Cássia – Repórter
As pragas urbanas afetam a saúde das populações e podem causar muitos prejuízos financeiros. Ultimamente algumas cidades estão sendo invadidas por algumas delas  e  segundo alguns especialistas procurados pela reportagem do blog, o fato se dá pelo desequilíbrio ambiental. Luis Cláudio e Cícero da Silva são sócios em uma empresa de dedetização em Maceió e observam que as pragas mais comuns no verão nas cidades pela ordem, são: cupins, baratas, formigas, pombos (em qualquer época do ano), pixilingas, carrapatos, escorpião, pulga e morcegos. Para fazer o tratamento para matar os cupins, por exemplo, que se proliferam muito mais no verão, eles contam que fazem uma barreira química e que cada praga é um procedimento específico.  Eles observam que os cupins não causam mal à saúde, mas causam transtornos sérios.  “O desequilíbrio do meio ambiente é o que causa o aumento das pragas. No caso do cupim, o habitat dele é o solo e eles criam uma subcolônia (em árvores) e f…

Meu irmão

Imagem
Foto: Olívia de Cássia 
Olívia de Cássia - jornalista
Às vezes a gente fica pensando e querendo entender os desígnios de Deus na nossa vida. Esse agravamento na doença do meu irmão, problema hereditário que acomete a nossa família, me faz ficar pensando o que leva uma das pessoas melhores do mundo a passar por isso.
Meu irmão Petrônio José, o segundo da prole lá de casa, é o melhor de nós, eu sempre digo isso. Um irmão dedicado, que sempre está pronto para me ajudar, na medida do que ele podia, que tivesse ao seu alcance, fosse financeiramente, ou dando uma palavra de conforto, quando podíamos escutar o que dizia.
Petrônio, como nós dizíamos quando éramos jovens, era o ‘filhinho da mamãe’, O mais obediente de nós quatro, o que ajudava dona Antônia nas tarefas domésticas e aquele que não respondia com malcriação  à nossa mãe.
Ver o meu irmão debilitado e agora em uma UTI hospitalar nos leva a pensar muitas histórias da nossa infância e da juventude e em tudo o que ele significa par…

IV EPA terá baile na Palmarina, em União

Imagem
O IV EPA (Encontro com Palmarinos Ausentes será comemorado em União dos Palmares no  dias 7 de dezembro, às 22 horas, na Associação Atlética Palmarina (AAP), com a orquestra Contágio Tropical e artistas locais.
Segundo Ladorvane Cabral, organizador do evento, o traje será a rigor: “Para matar as saudades, uma festa à moda antiga”. O evento marcará também a reabertura do clube mais tradicional da cidade, a Palmarina.

Contato e reserva de mesas pelos telefones: 9932. 4522 (Tim), 9311. 8081 (Claro), 8806 7152 (Oi) e 8109.3405 (Vivo). A mesa dará  direito a quatro cadeiras;  R$ 120. Individual; 30.

Cineasta carioca lança filme em União dos Palmares

Imagem
Blogue do JMarcelo Fotos
O cineasta carioca Clementino Junior está lançando este mês o filme ANJO DE CHOCOLATE em algumas cidades brasileirasNa semana passada em comemoração ao Dia da Consciência Negra, ele reuniu um grupo de amigos em União dos Palmares para prestigiar o filme que retrata a vida de Sonya Silva.
Sonya Silva é cobradora de ônibus no Rio de Janeiro e já foi destaque em vários veículos de comunicação por sua luta em sobreviver de sua arte. Segundo o professor de vídeo Clementino Junior "Conheci Sonya Silva há oito anos e desde a Bienal do Livro de 2005 venho registrando suas conquistas e derrotas na batalha para se firmar como escritora de livros infantis".
A sessão especial do filme no Auditório da Prefeitura Municipal de União não estava lotada como os demais eventos culturais que acontecem na cidade, no bate papo com os presentes o cineasta disse "Esta cobradora de ônibus da linha 125 (Central/Gen.Osório) que escondeu da empresa o primeiro lançamento de…

Reconhecimento de terras quilombolas esbarra na especulação e grilagem

Imagem
Foto: José Marcelo Pereira Agência Brasil
União dos Palmares (AL) - Disputas, construções de grandes empreendimentos e especulação imobiliária ameaçam a herança ancestral mantida viva pelas comunidades quilombolas. Das 2.408 comunidades certificadas pela Fundação Cultural Palmares (FCP), apenas 207 têm o título da terra e, em uma parte delas, os ocupantes não quilombolas ainda não foram retirados ou indenizados.
“A posse da terra é a maior dificuldade enfrentada atualmente pelas comunidades quilombolas. A titulação é um direito fundamental prevista na Constituição Federal”, defende o diretor do departamento de proteção ao patrimônio afro-brasileiro da FCP, Alexandro Reis. “Esse é o grande gargalo da questão quilombola nos dias de hoje”.
O Artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias é claro quanto ao assunto: “Aos remanescentes das comunidades dos quilombos que estejam ocupando suas terras é reconhecida a propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-lhes os título…

MinC destina R$ 4 milhões para reformar parque em União dos Palmares

Imagem
Foto de Olívia de Cássia

Por Jornal do Brasil
O Ministério da Cultura destinou R$ 4 milhões, do Fundo Nacional de Cultura, para a Fundação Cultural Palmares com o objetivo de incentivar as comemorações do Dia da Consciência Negra, celebrado neste 20 de novembro. Metade dos recursos deve ser usado para reformas e melhorias na estrutura do Parque Memorial Quilombo dos Palmares, no município.

De acordo com o presidente da fundação, Hilton Cobra, a ministra da Cultura Marta Suplicy telefonou para ele de manhã, informando sobre a disponibilização dos recursos. “É mais do que necessário, mais do que urgente essa atualização constante dos equipamentos do parque”, destacou.
Com o dinheiro, ele acredita que será possível reformar as construções do local, que simulam como eram as casas no local, no século 16. Parte dos recursos serão utilizadas, também, para asfaltar os 9 quilômetros de estrada de terra que levam à fundação.
Cobra também quer transformar uma estação de trem desativada de União …

Martinho da Vila canta sucessos em data especial para Zumbi dos Palmares

Imagem
Fotos: José Marcelo Por: Natally Tenório – Secom/PMUP
Ao som de muito samba, e com muita alegria, centenas de palmarinos e visitantes lotaram a Praça Basiliano Sarmento na noite desta quarta-feira (20), no encerramento aos festejos em comemoração aos 318 anos da morte de Zumbi dos Palmares.

Por volta das 22h30, o cantor Martinho da Vila, atração principal da noite, animou o público presente. Algumas canções conhecidas nacionalmente, entre elas Madalena e Mulheres, embalaram os que prestigiaram o sambista.

Martinho, que mostrou ter muito samba no pé, também esbanjou simpatia ao atender a multidão que o esperava na expectativa de conseguir tirar uma foto com o cantor.

Janaína Martins também foi uma das atrações da noite, ela resgatou as canções afros contagiando a multidão. Outro artista que também colocou o público pra dançar com seu samba de gafieira foi o cantor Igbonan Rocha. Nel do Reggae e a banda Raízes de Zumbi e a banda Afro Zumba, atrativos culturais de cidade, comandaram o encerra…

Homenagens ao herói negro Zumbi em União lembram 318 anos da morte do líder

Imagem
Fotos de Olívia de Cássia Olívia de Cássia – Repórter
Cerca de cinco mil pessoas estavam sendo esperadas na Serra da Barriga, em União dos Palmares, no Dia da Consciência Negra, para reverenciar os 318 anos da morte de Zumbi e homenagear o herói negro, segundo a representante do Escritório da Fundação Palmares, em Alagoas, Maria José da Silva.
Na subida da Serra, logo cedo, as equipes de reportagens e vários carros foram bloqueados para prosseguir o caminho, com argumentação, segundo os motoristas que foram barrados, de que seria pago um pedágio e não subiriam todos.
Depois de algumas negociações a passagens de carros pequenos foi liberada até determinado ponto e subiram até o platô apenas os carros de apoio, de reportagens, ambulâncias e Corpo de Bombeiros.

Segundo Maria José, da FCP, estavam sendo esperados 40 vans com grupos culturais e religiosos; 500 capoeiristas estavam inscritos para fazerem apresentações, entre outros grupos culturais da cidade e de municípios vizinhos.
So…

Clínicas populares são alternativas à população de baixa renda

Imagem
Foto: Sandro Lima Olívia de Cássia – Repórter As clínicas populares aparecem no País como uma terceira via ao atendimento de saúde à população que não tem um plano de saúde e quer fugir da desassistência no Sistema Único de Saúde (SUS) e também por oferecer preços mais acessíveis à população.  O sucesso dessas unidades de saúde, que também estão espalhadas por toda Maceió, principalmente em bairros da periferia, deve-se à alta taxa de retorno e aos bons serviços oferecidos à população, segundo médicos e pacientes. Devido à lacuna gerada pelo SUS, e com o advento da ascendência das classes sociais C e D, as clínicas seguem, diariamente, lotadas. Celeridade nos atendimentos e no resultado dos exames são exemplos de benefícios apontados pelos clientes. Com preços que variam de R$ 60 a R$ 100, o atendimento nas clínicas populares em Maceió geralmente é feito de segunda a sexta-feira e a maioria delas se propõe a oferecer atendimento nas áreas mais diversas como:  ginecologia, clínico geral, p…

Cavalgada da Liberdade refaz a trilha dos negros

Imagem
Por João Paulo Farias – Texto e Fotos
A II Cavalgada da Liberdade reuniu na manhã deste domingo, 17, dezenas de cavaleiros e amazonas que percorreram 54 km de União dos Palmares ao município de Viçosa, refazendo a rota de fuga do líder negro Zumbi dos Palmares.

O evento é realizado pelo ministério dos Esportes, com o apoio dos governos estadual e do município. A concentração foi às 5 horas, na Estação Ferroviária da cidade, onde foi servido um café da manhã aos participantes e logo após a benção do padre Marconi Nunes, da paróquia local, o cortejo seguiu em direção ao Sítio Recanto na Serra da Barriga, onde receberam a benção da Ialorixá Mãe Neide.

Na primeira parada no distrito do Timbó, a 15 km de União dos Palmares, foram entregues cestas básicas, arrecadadas pelos participantes da cavalgada e kits com material esportivo doado pelo Ministério dos Esportes.

Segundo a organização do evento, ocorrerão três paradas, as chamadas ‘bate-celas’ até o destino final, em Viçosa. Para o ministro A…

Bom domingo!

Imagem
Fotos de Ldorvane Cabral Olívia de Cássia - jornalista


Um domingo com cheiro de saudade começa o meu. Saudade de tudo: vejo fotos da terrinha, atividades culturais referentes à Semana da Consciência Negra e sinto um apertinho no peito, vontade de estar por lá, dividida.
Queria estar em União dos Palmares, vontade de estar no hospital com meu irmão. Amanheci alérgica ainda, espirrando muito e nessas condições, durante a semana fui muito pouco ao hospital, além da enxaqueca que me atormenta o juízo.
Vejo a bandeira da minha terra nas fotos e dá um orgulho danado de ter nascido palmarina, apesar dos pesares. Vejo também nas fotos de Ladorvane Cabral amigos que não via tem um tempinho e a vontade de estar lá só aumenta a adrenalina.
O ministro Aldo Rebelo sempre presente nessa cavalgada, que sai de União e vai até sua terra natal, Viçosa; uma linda cidade do interior alagoano que preserva sua história e sua cultura. Nessas horas avalio que o que se tem que fazer é participar e valoriza…

Dia de rotina

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista

Estou tão acostumada a sair de casa para trabalhar, que estranho o feriado, mas aproveitei ontem e hoje para ler e dormir muito. Logo cedo algumas ideias para um texto me surgiram à cabeça, baseadas em algumas leituras que venho fazendo.
Mas depois veio o  plantão e eu esqueci a respeito do que queria escrever naquele instante; lembrei que eram ideias interessantes para um texto, mas não anotei o que estava pensando e depois esqueci. Passei o dia assim, ora lendo, depois trabalhando e o tempo foi atropelando tudo.
Além de uma obrigação, ler para mim é uma diversão e um hobby, uma atividade querida. Agora à noite, depois de um banho e um cochilo no sofá, pensei novamente em exercitar a mente e escrever alguma coisa que me fizesse bem, embora aquilo que eu pensei pela manhã tenha me fugido totalmente; não lembro mais a respeito do que eu queria dizer.
Talvez sejam apenas invenções da minha mente para preencher o espaço. Passei o feriado de ontem sem sair…