Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Psicóloga diz que é preciso equilibrar os estudos com horas de lazer e não cometer exageros

Imagem
Psicóloga clínica Rosenilse Mendonça 

Olívia de Cássia - repórter
Nos próximos dias 8 e 9 de novembro alunos brasileiros enfrentarão a maratona do Exame Nacional de Curso (Enem) para tentarem uma vaga nas universidades federais.

Nessa época do ano, muitos estudantes se submetem a uma carga de trabalhos escolares, aulões, provas e simulados e a maioria não tem tempo para o lazer, se desdobrando entre o colégio e o cursinho.
A psicóloga clínica Rosenilse Mendonça, com formação em psicologia e psicoterapia humanista-gestalt terapia e terapia rogeriana, diz que o excesso de horas de estudo pode criar uma sobrecarga, gerando estresse e cansaço, condições essas que comprometem a assimilação e consequentemente a aprendizagem.
Nesses casos, segundo Rosenilse Mendonça, o desequilíbrio gera problemas psicológicos como a tristeza contínua, podendo levar o indivíduo a uma depressão. “Lembrando que os problemas psicológicos não resolvidos podem resultar em uma somatização, ou seja, o adoecimento…

Retificação

Em nota, o jornalista e advogado  Arnaldo Santtos nos corrige dizendo que está cursando o décimo período de psicologia, mas  que ainda não é psicólogo de fato, como afirmamos em matéria sobre a maratona do Enem. Concluí o curso de Psicologia em dezembro, mas que ainda não tem o registro profissional. Arnaldo é advogado e jornalista e tem nos ajudado a esclarecer várias questões específicas. Está feito o reparo.

Maratona de estudos para o Enem exige disciplina e dedicação de candidatos

Imagem
Professor avalia que os pais devem incentivar a preparação dos filhos desde o primeiro ano
Olívia de Cássia – Repórter  Tribuna Independente
Uma maratona de provas, simulados, plantões de até 20 horas, aulões, revisões, estudos, muita disciplina e dedicação. É assim que são encaradas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que serão aplicadas em todo o País nos próximos dias 8 e 9 de novembro, pela maioria dos alunos.
O Enem é considerado um dos exames mais importantes da atualidade, pois abre portas para o ensino superior por meio de programas que dão bolsas de estudo em universidades públicas e privadas, como o Prouni – Programa Universidade para Todos e Sisu – Sistema de Seleção Unificada.
O professor Daniel Camerino, proprietário de um cursinho no bairro da Jatiúca, em Maceió,  trabalha com matérias isoladas como: Matemática, Física, Redação e Português. Ele observa que o aluno para se preparar para a maratona do Enem tem que estudar com antecedência e sugere que os pai…

VOTO DILMA

Imagem
Mirabel Alves Rocha - advogado
O fenômeno das redes sociais é, certamente, o grande diferencial da atual campanha eleitoral, muitos se valem da ausência física para, literalmente, “detonar” os noveis desafetos eleitorais adquiridos no calor da campanha e, passado o dia da eleição, certamente restará os resquícios e despojos dessa batalha autofágica, já que somos integrantes do mesmo povo, o que não elimina o direito de termos opção política.
O problema é a brutalidade com que as pessoas estão se tratando, quando deveriam parar para fazer uma reflexão, incluindo uma olhada para trás e ver os tempos em que havia um sentimento generalizado no povo brasileiro que se traduzia em contar os dias para que o mandato de FHC chegasse ao fim.
O governo de FHC, o mesmo que quer se repetir com a face de Aécio, deu as costas para o povo, aprofundando o fosso da desigualdade social, levando a desespero famílias que amargavam os mais baixos índices de qualidade de vida, especialmente no Nordeste brasil…

Discurso vazio ...

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
Não me considero atualmente uma militante de esquerda como já fui em outros tempos, por questões diversas e de saúde que não cabem no momento discutir, mas  devido ao ódio, preconceito e xenofobia despertados nessa campanha eleitoral, difundidos nas redes sociais e nos meios de comunicação, reavivou em mim aquela chama que estava adormecida, e quando eu sou provocada eu quase me espalho.
As revelações de caráter de alguns têm me deixado estarrecida e perplexa e esse contraditório serviu como mote para que eu reagisse e não me contentasse em ficar no plano contemplativo apenas, diante dos comentários ofensivos e agressivos contra nossa militância.  
Como postei e tenho postado, sou jornalista e cidadã e o fato de eu ter um posicionamento político de declarar meu voto à presidente Dilma,  isso não interfere no meu trabalho, até porque, quando eu escrevo, faço reportagens que retratam a opinião dos meus entrevistados, mas quando escrevo na minha coluna sem…

Eu quero falar...

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista
Hoje eu quero falar de poesia, de suavidade e de encantamento: daquela melodia harmônica que cresce dentro da gente, quando há paz e consciência tranquila em nosso coração. Estou farta de tanta agressividade, de pessoas que se acham absolutas e donas da verdade, como se ela fosse uma via de uma única mão; para mim cada um tem a sua. 
É tempo de a gente saber discernir o que será melhor para nós e para o país, mas sem esquecer a ternura, como disse Guevara. A campanha eleitoral deste ano está partindo para um lado perigoso, de incitamento ao ódio e à intolerância e é preciso acabar com isso.
São dois projetos em jogo, isso já ficou claro; projetos políticos diferentes e que cabe a cada um de nós escolher o que avaliamos como melhor para o país. 
A intolerância e ódio à militância do Partido dos Trabalhadores está cegando muita gente. Em Niterói (RJ), militantes do PT estavam em uma esquina e foram "expulsos" por um idoso que se disse ´dono da e…

Apesar de desvalorizados, professores entendem que ensinar é uma missão

Imagem
Foto: Adailson  Calheiros Para Sandra Lúcia, ser professor é uma profissão extremamente empolgante, que motiva e lida com emoção o tempo inteiro Olívia de Cássia - Repórter 
No dia do professor, comemorado nesta quarta-feira, 15 de outubro, a categoria reconhece que ensinar é uma grande missão, apesar ‘do desrespeito da sociedade e da falta de valorização dos profissionais pelos alunos’, atualmente. Segundo a professora Sandra Lúcia, das disciplinas de Licenciatura da Universidade Federal de Alagoas, ser professor é uma profissão extremamente empolgante, que motiva e lida com emoção o tempo inteiro. Sandra Lúcia destaca que ser professor é uma profissão que motiva e que a relação professor-aluno só se realiza na afetividade: “A função da gente é promover o desenvolvimento do outro, uma relação que tem muita doação e por isso também tem muita cobrança. A gente vive no fio da navalha”, observa a professora.   A professora da Ufal destaca também que os professores hoje são vítimas de sínd…

Cremal pede intervenção do MP no fechamento de maternidade

Imagem
Foto: Adailson Calheiros
Presidente da entidade disse que já oficiou Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mas até agora não obteve resposta
Olívia de Cássia – Repórter
O Conselho Regional de Medicina (Cremal) disse que vai notificar o Ministério Público solicitando a intervenção do MP por conta do ‘fechamento’ da  maternidade municipal Denilma Bulhões, no Complexo Benedito Bentes. A informação foi prestada em entrevista coletiva à imprensa na tarde de ontem, no espaço Mirante Gourmet, antigo Colégio Batista, no Farol.
O presidente do Conselho Regional de Medicina, Fernando Pedrosa, disse que a entidade informou à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio de ofício, sobre a precariedade na infraestrutura da unidade de saúde, mas nenhuma resposta foi dada, tão pouco alguma providência foi tomada. Segundo Pedrosa, a primeira fiscalização do Conselho, realizada em junho, verificou que não tem médico na maternidade, que está praticamente fechada.
O presidente do Cremal explica que a fis…

Os muros da história

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
O segundo turno das eleições presidenciais desse ano a gente sabia que não ia ser fácil para a presidente Dilma e que os adversários iam usar suas armas para tentar desconstruí-la. Eu continuo com minha postura de antes e já declarei meu apoio à presidente: voto Dilma 13, porque acredito que é a melhor proposta apresentada para o Brasil.
Declarar apoio à presidente não quer dizer que não tenha havido erros nos governos do PT, mas ninguém é perfeito e os erros são feitos para ser reparados. 
Daqui para o dia 26 de outubro, quando acontece o segundo turno das eleições, muita história mal contada vai aparecer na mídia, que já declarou seu lado desde o primeiro turno e tem feito de tudo, principalmente as Organizações Globo, para tentar ruir o projeto de Dilma.
Política é um jogo e às vezes muito sujo; é a arte do conchavo e muitas vezes não tem regras: torna-se uma guerra de factoides. Eu sempre tive lado e nunca escondi de ninguém e por conta do meu modo …

Banda palmarina Escrúpulo Douda volta à cena musical

Imagem
Foto: Divulgação
Do interior para o mundo, grupo faz questão de ser diferente e tem músicas autorais
Olívia de Cássia – Repórter

A banda de rock Escrúpulo Douda, de União dos Palmares, volta à cena musical alagoana depois de um intervalo de dois anos sem tocar e sem fazer música. A volta da banda será marcada com show no próximo dia 11, no mega posto Vegetão, ao lado da autoescola Zumbi, em União, comemorativo aos 16 anos de sua fundação. O show faz parte do projeto Encontro, que terá início às 19h, com a participação de outras sete bandas.  
Surgida em 1998, por um grupo de amigos, a Escrúpulo Douda tem como temática das letras questionamentos que vão desde o existencialismo a questões de contexto sociocultural, sempre se utilizando do abstrato, metáfora e surrealismo.
A banda já passou por várias formações, teve Influências nas diferentes vertentes do rock brasileiro, norte americano e inglês e vai manter o estilo. Segundo o guitarrista Anderson Ventura, a Escrúpulo Douda  faz quest…

Legalização da maconha desperta debate na sociedade

Imagem
Seja para uso medicinal ou lazer, opiniões se dividem, mas a maioria é contra, segundo pesquisa
Olívia de Cássia – Repórter A legalização da maconha é um tema que gera uma ampla discussão em todo o mundo: alguns dizem que o comércio legal acabaria com o tráfico e diminuiria as mortes decorridas da venda ilegal, mas quem é contra não acredita nessa teoria e avalia que substâncias afetam comportamento de quem utiliza. A discussão chegou ao Congresso Nacional, desde o começo deste ano. A matéria surgiu de uma sugestão de iniciativa popular, com 20 mil assinaturas: propõe que o uso da maconha seja regulamentado, da mesma forma que as bebidas alcoólicas e o cigarro. Uma pesquisa do Ibope/Estado/TV Globo, divulgada no dia 3 de setembro, revela que 79% dos eleitores brasileiros são contra a descriminalização e apenas 17% a favor, seja para uso medicinal ou para o lazer.  O tema é tabu, provoca desconforto quando é abordado e provavelmente não irá para votação este ano por conta de ser um ano ele…