Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Praça Moleque Namorador não terá tradicional festa de Carnaval

Imagem
 /  Repórter Tribuna Independente
Tradicional QG do Frevo de Maceió, a Praça Moleque Namorador, no bairro da Ponta Grossa, na região sul da capital, não vai ter Carnaval com palco armado e banda tocando este ano, depois de 60 anos de realização do evento. A informação é do presidente da Associação de Moradores do bairro, Petrúcio dos Santos, conhecido como Pel. Segundo seu Petrúcio, que há 25 anos organiza a festa do bairro, o Carnaval da Praça Moleque Namorador foi criado pelo ex-prefeito Sandoval Caju, “mas este ano a Prefeitura não vai investir; o prefeito disse que não tem investimento para fazer o tradicional Carnaval da praça e não vamos fazer”, reclama. O presidente da associação comenta que no dia 14 de fevereiro, o bloco Moleque Namorador, que tem mais de 20 anos, vai desfilar pela ruas do bairro “e a Praça Moleque Namorador, pela primeira vez vai ficar sem Carnaval”, observa. Segundo seu Petrúcio dos Santos, no primeiro ano da gestão do prefeito Rui Palmeira, …

Lojas do Centro de Maceió já vendem artigos para o Carnaval

Imagem
Olívia de Cássia - Repórter
Tribuna Independente

O comércio de Maceió já começa a apostar nas vendas para o Carnaval. Donos de lojas do comércio do Centro investiram no setor e as vendas de artigos carnavalescos começam a aquecer o mercado. Muitos lojistas já estão expondo fantasias e artigos próprios dos festejos e apostam que na próxima semana e no começo de fevereiro as vendas já estejam bem movimentadas, já que o Carnaval este ano acontece no meio do mês (sábado de Zé Pereira é no dia 14). Em uma loja de artigos para festas, a movimentação estava sendo considerada média, mas a vendedora Juciely Laurindo comentou que no período da manhã o movimento é mais acelerado. Juciely disse que as peças mais procuradas na loja especializada são pulseiras, brincos de pena, colares e headbands, uma espécie de tiara que foi muito usada na Grécia na forma de coroa de flores que enfeitavam tanto cabeças de mulheres quanto de homens e tem tipos diversificados. HEADBANDS “As headbands vieram para fi…

Lembrando a Rua da Ponte

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista
A Rua da Ponte foi onde tudo teve início, em União dos Palmares,  por onde tudo passava. Era a entrada da cidade, antes de ser construída a BR, na década de 70. Nossa querida rua foi  devastada e tragada pelas águas do Mundáu, ficou apenas na memória das muitas pessoas que por ali passaram e residiram.
Tenho  saudade de um tempo bom,  quando morei  lá, da vizinhança querida, dos amigos que fizemos por lá. Ali não tinha violência quando eu era menina  e a vida era saudável, apesar das carências materiais.
 Saudade da casinha dos meus avós Olívia Maria Vieira de Siqueira  e Manoel Correia Paes, onde eu costumava passar meus dias da infância, das brincadeiras da meninice e de tanta coisa vivida.  Na Rua da Ponte eu  nasci, na casinha vizinha ao hotel de dona Lia e seu José Octacílio. Naquela rua  eu morei até meus nove anos,  fiz as primeiras amizades,  vivi os melhores momentos da  vida na infância.
Rua da  Ponte das traquinagens da meninice,  dos banho…

Documentário conta história da padroeira de União

Imagem
A história sobre a Festa de Santa Maria Madalena, padroeira de União dos Palmares, vai virar documentário, produzido pelos estudantes Cláudio Caique e Clezivaldo Mizael. O  DVD contará detalhadamente toda a história sobre uma das maiores festas católicas do interior de Alagoas.
Em 2015, a festa comemora 180 anos, o material contará sobre a chegada da imagem na antiga província que anos depois se tornaria o município de União dos Palmares, a história das procissões, a construção da igreja, a demolição da antiga e a construção da nova matriz.
Relatos e depoimentos de graças alcançadas e a construção do santuário à mulher que foi a primeira pessoa a ver o salvador ressurreto (Jesus Cristo). O material tem a produção textual do professor Franco Maciel de Carvalho e narração de Edvaldo Alves.
O material demorou três anos para ficar pronto e será vendido nos dias 1 e 2 de fevereiro na festa. O documentário é uma produção independente e tem o objetivo de fomentar e documentar uma das mai…

Material de uso coletivo deve ficar fora da lista escolar, diz lei federal

Imagem
Olívia de Cássia - RepórterTribuna Independente
A partir deste ano as escolas (públicas e, principalmente, privadas) estão proibidas, por lei federal, de cobrar dos pais a compra de qualquer material de uso coletivo. Ao efetuar a matrícula escolar dos filhos, muitos pais e responsáveis contestam alguns itens na lista de materiais exigidos pelas instituições de ensino e devem denunciar se verificarem o abuso. Segundo a Lei 12.886/2013, a escola que cometer essa infração receberá um comunicado do órgão de defesa do consumidor pedindo o esclarecimento sobre a cobrança do material e informando sobre a ilegalidade da exigência. Caso o estabelecimento insista na cobrança, ela será notificada pelo Procon e poderá pagar uma multa que varia de R$ 504 a R$ 7,56 milhões (200 a 3 milhões de VRTE, que, pela última cotação, em dezembro, está a R$ 2,52). Para aplicar a multa, são avaliados a gravidade da infração, os danos que ela causou ao consumidor e o patrimônio da instituição. Os órgãos de defes…

Campo minado

Imagem
Olívia de Cássia - jornalista
Eu queria um mundo diferente, a frase pode parecer clichê, mas cabe bem no tamanho daquilo que penso por esses dias, sem insônia, mas de algumas inquietações que já me acompanham há algum tempo. 
Sou uma mulher madura, mas ‘antenada’ em algumas modernidades como as redes sociais e internet, até porque minha profissão me leva a isso e também por gostar muito, mas as mídias eletrônicas são ‘campos minados’.
Eu uso as redes sociais para o trabalho e também para informação e distração,  mas elas me revelam universos particulares e pessoais até então desconhecidos, de pessoas que às vezes a gente nem imaginava que tivesse  aquele ou outro tipo de pensamento. 

Esses sítios são locais em que precisamos ter muito cuidado, onde nós muitas vezes nos revelamos e identificamos quem realmente nós somos. Não digo que já não tenha cometido alguma indiscrição e depois precisei apagar, porque me policio para não colocar no Facebook algumas situações que depois possam prejudic…

Maceió oferece várias opções de lazer para a criançada durante as férias

Imagem
Olívia de Cássia
Repórter\Tribuna Independente

No período do recesso escolar, as crianças ficam ociosas e acabam fazendo bagunças desnecessárias, deixando pais e mães preocupados em buscar atividades que preencham o tempo dos pequenos. Em Maceió, as colônias de férias são opções mais procuradas pelos pais, mas também eles têm a opção de cinema e passeio no Parque Municipal, para a garotada que precisa gastar as energias. Mesmo com a cidade tendo opções variadas no que diz respeito à distração das crianças, é preciso saber dosar as atividades, pois esse é o período no qual as crianças têm que descansar a mente para recomeçarem mais um ano de estudos e cobranças e as ações desse período também devem ser planejadas, segundo especialistas. ENERGIA “As crianças dispõem de muita energia e, portanto, é preciso gastá-la para que não haja problemas em casa, principalmente durante a noite. É essencial que os pais sigam mais ou menos a mesma rotina do período de aulas, acordando-as sempre cedo”, ob…

Uso de óculos escuros deve ser feito com cuidado durante o verão

Imagem
Olívia de Cássia - Repórter - Tribuna Independente
O verão chegou e o cuidado com os olhos deve ser redobrado nessa época do ano. Os baixos preços dos óculos de sol oferecidos nas barracas de camelôs e em demais lojas no centro da cidade chamam a atenção de qualquer um. Afinal de contas, pagar pouco é o que muitos querem. Mas será que esses óculos têm a devida proteção? Segundo o médico oftalmologista Adriano José Cavalcante Silva, cirurgião plástico ocular, é verdade que a proteção contra os efeitos dos raios ultravioletas (UVA e UVB) no corpo deve ser feita durante todo o ano, mas são nas estações em que o sol dá mais as caras que essa proteção é devidamente redobrada. “Durante a primavera e o verão a utilização dos óculos escuros é claramente maior do que nas demais estações. É comum ver homens, mulheres, senhoras, senhores e crianças usando o assessório, que possui um leque gigantesco de opções de modelos, cores e estilos diferentes, mas é de suma importância, porém, que o materia…

Fábricas de motos terão que se adaptar à resolução do governo

Imagem

Repórter/ Tribuna Independente
 (foto: Sandro Lima)


As fábricas de motocicletas terão que se adaptar à Resolução 509/2014 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que obriga que as motocicletas saiam das fábricas equipadas com os freios ABS ou CBS. O novo sistema será exigido de forma escalonada, a partir de 2016: “Primeiro, para 10% das motocicletas novas, e até 2019 chegarão a 100%”, observa José Carlos Silveira, presidente da Organização não Governamental (ONG) Moto Amiga. Segundo José Carlos Silveira, a determinação objetiva mais segurança para o condutor e por conta do custo, motos pequenas de até 300 cilindradas terão obrigatoriedade de ter o freio CBS podendo ter o ABS. “Já as motos com motor de tamanho igual ou superior a 300 cilindradas ou motor elétrico de potência igual ou superior a 22kw serão obrigadas a utilizar o ABS, que impede o travamento das rodas numa frenagem brusca”, observa. As motos novas que têm menos de 300cc poderão ser equipadas com freios…

Preço da carne bovina está em alta; valor subiu 10% em Alagoas

Imagem
 / Repórter- Tribuna Independente (foto: Sandro Lima) O preço da carne bovina subiu em média 10% em Alagoas e em todo o país e o consumidor deve se preparar para essa alta se manter nos primeiros meses do ano, podendo recorrer a outras alternativas variáveis como frango, que manteve a média de preços, segundo donos de açougues visitados pela reportagem da Tribuna Independente. Outra alternativa apontada pelos especialistas é a pesquisa de preços e a diversificação de produtos. Segundo a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o fator se deve à menor oferta, resultado principalmente da seca, que vem prejudicando as condições das pastagens e, consequentemente, a engorda dos animais ao longo do ano passado. Segundo a entidade, além disso, foi em virtude do crescimento do consumo interno e da demanda para exportação. No mês de dezembro de 2014, a arroba do boi gordo estava custando R$ 150. Os insumos como farelo de soja e o milho, que complementam a ração do gado também …