Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Metas e desejos para 2016

Imagem
Olívia de Cássia – jornalista
Dizem os especialistas que a gente tem que se planejar no fim do ano que termina para atingir as metas no ano que chega; traçar metas e tentar cumpri-las. Eu gostaria muito de ter essa organização e espírito de determinação.
No meu caso, costumeiramente, nada do que planejo, se por acaso o faço, dá certo. Às vezes prefiro ir na aventura mesmo ou não fazer. Vejo muitas pessoas quando chega o fim do ano, principalmente na virada para o Ano-Novo, fazendo promessas diversas.
Muitos e tantos chegam a acreditar que vão realizar o planejado e muitas vezes realizam mesmo. Da mesma forma que sou diferente de todo mundo, prefiro ir levando, já que em outros momentos cheguei a listar vários objetivos e nenhum eu consegui atingir tal o grau da minha desorganização pessoal.  
Não posso dizer que 2015 tenha sido o pior ano da minha vida; isso não. Apesar dos problemas que o país está passando e os que tenho vivenciado, esse não foi dos piores e passou tão rápido que …

Achiles Escobar quer resgatar personagens esquecidas do carnaval de Maceió

Imagem
Olívia de Cássia - Repórter - Primeiro Momento


O artista plástico paranaense José Achiles Escobar, nasceu em Cambará, no Paraná, e é um entusiasta da cultura popular alagoana, mas numa conversa franca com a reportagem ele fala de diversos assuntos e avalia que a cultura patriarcal está totalmente falida. Achiles Escobar conta que está trabalhando as peças em seu ateliê Tendão d’Aquiles, que este ano completa 25 anos e também serve de escola para alunos de bairros como o Jacintinho, Reginaldo e Jaraguá, que vão até o local aprender as técnicas de sua arte. Fotos: Paulo Tourinho  Com ateliê e residência no bairro de Jaraguá,  Achiles Escobar reclama da falta de incentivo à cultura popular e quer resgatar uma figura do carnaval, que em Alagoas está esquecida: a Ala Ursa, que sai no boi de carnaval. “Esse resgate é porque as pessoas estão matando alguns personagens dos autos da cultura popular alagoana, devido a essa questão das mudanças; uma discussão de que tudo é contemporâneo”, destaca. …

E quando a gente menos espera....

Olívia de Cássia – jornalista
E quando a gente menos espera, já é Natal; o ano passou como um furacão e nem realizamos as promessas do ano anterior. Tudo aquilo que idealizamos foi ficando para trás e muita coisa perdeu a prioridade e a importância. Já foi.
Parece que foi ontem que brindamos a chegada de um Ano-Novo: o tempo passa muito depressa e a gente nem vê. Estamos tão ocupados no dia a dia com nossos afazeres, que às vezes nos esquecemos de viver o que a vida tem de melhor.
Às vezes partimos do princípio de que precisamos estar numa correria desenfreada pela sobrevivência, pelos bens materiais e nem temos tempo de olhar as flores em nosso caminho; a delicadeza dos pássaros e das cores. A vida vai passando depressa e nem saboreamos tudo aquilo que ela nos oferece.
Em 9 de janeiro, já estarei completando idade nova e nem me acho com essa idade toda. Nessa época do ano sempre me ponho pensativa e introspectiva. Talvez pelas perdas que já tive de tantos entes querido que já se f…

Pequena retrospectiva do ano

Olívia de Cássia – jornalista
Meu texto de hoje é para fazer uma pequena retrospectiva desse ano, que termina com a adrenalina dos brasileiros colocada à prova. São muitos os acontecimentos na seara política. O  país está vivendo um momento delicado, desde o final das eleições de 2014.
Os derrotados nas urnas ainda não se conformaram com a vitória da presidente Dilma Rousseff, que desde então só administra problema. Muitos erros aconteceram, mas isso não é motivo para que se coloque o país e a nossa democracia em risco.
E lá se vai um ano quase perdido; o país está praticamente parado em decisões importantes, tendo em vista essa peleja, acentuada com o pedido de impeachment aceito pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), um político sem escrúpulos, como já foi mostrado amplamente.
Vários especialistas de renome têm reafirmado que essa bandeira de impedimento levantada por alguns setores da oposição é uma farsa, como bem disse o ministro do Trabalho e Previdência Social, Migue…

Encontro Artístico Identidade Alagoana terá mix de cultura no anexo do Deodoro, amanhã

Imagem
Olívia de  Cássia - Repórter - Primeiro Momento


Evento reunirá várias vertentes da cultura alagoana e encerra a programação deste ano 0-0 Encerrando a programação de eventos do grupo cultural Identidade Alagoana em 2015, acontece amanhã (16), a partir das 18h, no anexo do Deodoro, o 7° Encontro Artístico Identidade Alagoana, que continua com a proposta de misturar as diferentes vertentes da cultura alagoana em uma só noite. Encerrando a programação de eventos do grupo cultural Identidade Alagoana em 2015, acontece amanhã (16), a partir das 18h, no anexo do Deodoro (Fotos: Paulo Tourinho) O evento é gratuito e além dos shows musicais, haverá recital de poesias, apresentações de dança, venda de artesanato e artes visuais. A proposta é que o espaço abrigue as diferentes formas de arte produzidas em Alagoas e que estas se encontrem em um só local. A reportagem do Primeiro Momento foi conversar com alguns integrantes do grupo, na Casa da Macaxeira, no bairro do Poço, para saber mais sobre o …

Não precisamos de importação

Olívia de Cássia – jornalista
Alagoas tem uma efervescência cultural que aos poucos está se consolidando e sendo reconhecida de parte a parte. Na atividade ‘Maceió Meu Xodó’, comemorativa ao bicentenário da capital alagoana, cerca de 400 artistas alagoanos mostraram sua força e garra.
A nossa cultura, a nossa gente, tradições, e a diversidade de sons, cores e emoções que emocionaram e encantaram o público presente à festa. Cantores, bailarinos, grupos folclóricos, afros, forrozeiros e quadrilha junina deram o tom da festa, levando ao público uma apocalíptica gama de emoções, cantando e comentando sobre o evento ainda hoje.
Alagoas não precisa importar em muitos eventos valores de fora para fazer festas. Aqui tem muita gente boa e de talento, que não deixa a desejar aos grandes centros culturais. Amada e cantada em verso e prosa por Eliezer Setton, Leureny Barbosa, Nara Cordeiro, e tantos outros artistas, nossa terra foi lembrada como nunca, numa explosão de alegria, as cores do guerr…

Som do Matuto de Luxo, Geraldo Cardoso, sexta-feira, 11, em Arapiraca

Imagem
Olívia de Cássia – Ascom Foto: Paulo Tourinho
O som do Matuto de Luxo, Geraldo Cardoso, chega nesta sexta-feira, 11, em Arapiraca, depois de percorrer várias cidades de Alagoas e Pernambuco. O show acontece no Mercado de Artesanato, no Parque Ceci Cunha, a partir das 20h, dentro do projeto Som na Praça, que acontece toda semana.
O evento terá participação do violeiro João de Lima; de Afrísio Acácio e Chau do Pife. Com a presença de grande público, Geraldo Cardoso promete fazer uma grande apresentação, com muito forró, levando aos arapiraquenses muita alegria.
“Meu povo de Arapiraca e região, nosso encontro está marcado nesta sexta, 11, e quero todos botando pra torar no suingue da nossa pegada forrozeira”, disse. O forrozeiro  alagoano se firma  a cada ano no cenário nordestino como uma das grandes atrações no gênero, atraindo  um público cada vez maior por onde tem passado.
O encontro dos artistas da região é a opção de diversão e um fôlego de vida para apreciadores da cultura popul…

Maceió realiza Primeiro Casamento Coletivo LGBT 2-1

Imagem
Olívia de Cássia - Repórter - Tribuna Independente e Portal Primeiro Momento

Com a presença do juiz André Gedda Peixoto Melo, juiz da 10ª Vara Civil de Arapiraca e coordenador do projeto Justiça Itinerante, o Tribunal de Justiça de Alagoas realizou o primeiro Casamento Homoafetivo, na tarde desta segunda-feira, 7, no jardim do Teatro Deodoro.
Dezesseis casais LGBT e três heterossexuais oficializaram a cerimônia, que contou com o público LGBT e vários setores da sociedade civil. Foto: Adailson Calheiros
 Dezesseis casais LGBT e três heterossexuais oficializaram a cerimônia, que contou com o público LGBT e vários setores da sociedade civil, como o a vereadora Teresa Nelma; a psicóloga Cláudia de Bulhões; a superintendente de Direitos Humanos, Ana Omena; Dora Menezes, coordenadora de Políticas LGBT do município de Maceió; Cininha de Freitas, coordenadora de Políticas Públicas LGBT do Estado de Alagoas;  a museóloga Carmem Lúcia Dantas, entre outras personalidades da sociedade alagoana. O …

Público aplaude apresentação de Geraldo Cardoso, no Maceió Meu Xodó

Imagem
Foto Secom-Maceió Olívia de Cássia - Ascom
O Matuto de Luxo Geraldo Cardoso foi um dos artistas que animou a noite deste sábado, 5, no Estacionamento de Jaraguá, na festa de encerramento das comemorações de aniversário do bicentenário da capital alagoana,  no evento Maceió Meu Xodó.
A apresentação do Matuto de Luxo foi com a quadrilha Amanhecer do Sertão, vencedora do concurso de quadrilhas juninas Forró & Folia 2015. A festa teve a participação de cerca de 400 artistas das diversas tribos: forrozeiros, cantadores, cantoras, dançarinos, que  exibiram a cultura alagoana, num espetáculo nunca visto antes pelos alagoanos.
O forrozeiro Geraldo Cardoso  fez uma bela apresentação, mostrando ao alagoano o que tem de melhor no nosso forró de raiz. O show aconteceu como resultado de um trabalho coletivo que envolveu vários profissionais entre técnicos e equipe de produção. Segundo a assessoria da Prefeitura, o espetáculo será reapresentado no próximo dia 20, no Benedito Bentes.
A Fundaçã…

Comemorações de 200 anos de Maceió leva grande público e encanta

Imagem
Foto: Olívia de Cássia
Olívia de Cássia - Repórter
A festa de encerramento das comemorações dos 200 anos de Maceió levou um grande público ao Estacionamento de Jaraguá, na noite deste sábado, 5, dia do aniversário da cidade. A Prefeitura de Maceió caprichou na estrutura do evento.  
Durante todo o dia de atividades, teve circuito de corrida, seguido de missa solene, exposição de velas na orla, apresentação da Esquadrilha da Fumaça, desfile cívico, projeções em 3D na Associação Comercial e finalizado com o espetáculo Maceió Meu Xodó, onde a diversidade cultural do Estado de Alagoas foi cantada em verso e prosa.
O prefeito Rui Palmeira falou à reportagem e disse que é uma alegria grande (ter promovido o evento); uma festa linda como essa, com Esquadrilha da Fumaça, com desfile  cívico e agora, com chave de ouro, com apresentação de artistas alagoanos fazendo um belíssimo show”, pontuou.
Para o presidente da Fundação Cultural de Maceió (Fmac), Vinicius Palmeira, o evento é uma festa “q…

Geraldo Cardoso vai participar do show Maceió Meu Xodó, em comoração aos 200 anos de Maceió

Imagem
Olívia de Cássia

O Matuto de Luxo Geraldo Cardoso, forrozeiro de raiz vai participar do espetáculo Maceió Meu Xodó, em comemoração pelos 200 Anos de Maceió, que acontece neste sábado, 5, dia do aniversário da cidade. O Matuto de Luxo Geraldo Cardoso, forrozeiro de raiz vai participar do espetáculo Maceió Meu Xodó, em comemoração pelos 200 Anos de Maceió, que acontece neste sábado, 5 (Foto: Paulo Tourinho) O show acontece no estacionamento de Jaraguá, às 20h, e contará com a participação de 400 artistas que vão cantar, dançar e exibir a nossa cultura, num espetáculo nunca visto antes pelos alagoanos. O espetáculo é fruto do trabalho coletivo que envolve além dos cerca de 400 artistas vistos em cena, 150 profissionais entre técnicos e equipe de produção. Para que tudo isso se tornasse real a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), contou com mais uma importante parceria com o Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cu…

Pesquisador acredita que Maceió está perdendo a identidade

Imagem
José Bilú reclama da falta de comprometimento de alguns gestores que mudaram a arquitetura e a paisagem da cidade
Foto Adailson Calheiros / Tribuna Independente Maceió comemora 200 anos no sábado (5), mas segundo o pesquisador e historiador alagoano José Bilú da Silva Filho, não tem muito o que comemorar. Ele reclama da falta de comprometimento de alguns gestores que mudaram a arquitetura e a paisagem da cidade, descaracterizando ou demolindo prédios e casarões antigos, fazendo com que a capital esteja perdendo a identidade. As belezas de Maceió já foram retratadas em verso e prosa por poetas e artistas, mas José Bilú reclama que o patrimônio artístico-cultural da capital alagoana corre o risco de desaparecer, devido à falta de comprometimento com que vem sendo tratado. Segundo ele, os monumentos precisam de alguém que tome conta e não deixe ser depredado. José Bilú é presidente da Academia de Letras, Artes e Pesquisa de Alagoas e tem um acervo de mais de quatro mil arq…

O inacreditável retrocesso da sociedade

Olívia de Cássia - Repórter Nunca pensei que na minha idade e tendo visto tanto absurdo nesse país, que eu fosse ver o país retroceder em ideias e comportamentos, depois de termos alcançado a democracia e da Constituição Cidadã de 1988. Esses rompantes e comportamentos lamentavelmente, se dão tanto da juventude e da sociedade, quanto dos políticos que estão no Congresso Nacional. Não precisa ir muito longe e é só dá uma pesquisada na internet para a gente ver os exemplos de que trato nesse texto. Não falarei aqui de todas as situações porque o espaço não cabe, mas vamos lá. Desde as atitudes da bancada evangélica nas pessoas do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ); Silas Malafaia, e tantos outros que têm me deixado com o cabelo em pé. As agressões proferidas por Bolsonaro contra as mulheres e seu discurso do ódio são de causar nojo. E só para citar um exemplo, vamos ao que foi mais divulgado pela mídia, quando ele respondeu a um discurso da deputada Maria do Rosário sobre a ditadura milit…