Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

O que esperar do Ano-Novo?

Imagem
Por Olívia de Cássia

A dois dias para terminar o ano de 2016 dá um frio na barriga em pensar o que nos aguarda para 2017. É tanta safadeza, tanta desmoralização das instituições concebidas para proteger o cidadão e dos nossos representantes, que a gente se pergunta se ainda sobrará alguém para nos defender, quando precisarmos.

Acabei de chegar de um salão de beleza, onde fui retocar o tingimento do meu cabelo vermelho e ouvi uns diálogos de uma cliente e o dono do salão. A revolta da população é geral, apesar da confusão de ideias que fazem do que se passa no país.

Confusão proporcionada pelos meios de comunicação parciais e apoiadores do golpe, que, guardadas as devidas proporções, criminalizaram a política levando todos à mesma vala comum. Todos bem familiarizados com o que diz a grande mídia golpista e sem escrúpulo.

A mesma mídia que faz um tsunami quando se trata de acusações contra petistas e acusações sem comprovações ao ex-presidente Lula e marolinhas quando se trata de par…

Considerações sobre o Natal

Imagem
Por Olívia de Cássia

E no próximo sábado, novamente é Natal. O tempo passa tão depressa e como diz o poeta, quando percebemos não cumprimos as promessas do ano anterior. Eu já não faço lista de metas tem muito tempo e o que vier de positivo para mim será lucro.

Não farei planos e não prometerei nada a ninguém, nem a mim mesma. O que der para fazer e eu tiver condições, será feito. Só quero me organizar mais e ocupar o meu tempo, para não cair na ociosidade e mesmice. Peço a Deus só um pouco mais de tolerância.

Apesar de saber que estarei ficando mais velha logo nos primeiros dias do ano e que não sei o que me espera com relação às minhas limitações, torço para que acabe logo este ano. Que não haja mais nenhuma tragédia e que Deus tenha condescendência com nosso Brasil. Só ele poderá nos salvar.

Este ano não vai deixar nem um pingo de saudade para a maioria da população. Um ano difícil para a nossa Nação. O país está vivendo uma crise sem tamanho e tenho dito e repetido, ‘primeirame…

Venho de andanças

Olívia de Cássia Cerqueira

Venho de andanças.
Algumas valeram a pena,
Como lições de vida.
Sou sobrevivente
Da minha agonia.
Não posso reclamar da vida.
Não posso reclamar da sorte.
Venho de andanças...

A insônia me pegou

Imagem
Por Olívia de Cássia

Da mesma forma que agora deito-me logo cedo, a insônia me pegou. Inquieto-me. Os pensamentos voam longe. Vou para a cama na esperança que o sono chegue, mas tudo em vão.

Juca, meu filhote caçula de quatro patas requer atenção da ‘mamãe’. Desligo a TV à hora de novelas chatas, que não me dizem nada e só ligo num programa musical. Única coisa na semana que vale a pena assistir, para quem não tem TV a cabo.

O noticiário não vale mais a pena ver. Não traz notícias novas e nem interessantes e só repete a cantilena enfadonha de corrução na política brasileira. Não dá para confiar na tendenciosidade do que se relata na mídia. Estamos pobres de jornalismo.

Ouço Nirvana na voz de uma das concorrentes e me arrepio. Não há nada melhor do que uma boa música, interpretada por uma voz bonita. O que não dá para engolir são os comentários de certa técnica do programa, mas continuo assistindo.

Juca dorme aos meus pés na cama e Malu no chão; parece molinha com a idade. Os gatos …

É o fim de tudo?

Imagem
Por Olívia de Cássia

A vida tem sido generosa comigo, em comparação a outras pessoas que têm situações complicadas na vida, com problemas diversos e de difícil solução. Apesar do diagnóstico no começo do ano da Doença de Machado Joseph, venho perseverando para que meus dias sejam leves e de esperança.

Tenho procurado não pensar nas limitações que já se apresentam e naquelas que o problema pode me trazer. Preciso continuar acreditando que comigo poderá ser diferente do que aconteceu e acontece a muitos dos meus familiares e antepassados.

Apesar de tudo, procuro ser otimista, pois não custa nada. Mas no que diz respeito à atual conjuntura política do País, está difícil ser otimista diante de tanta injustiça, retrocesso, golpes; e da atual conjuntura imoral.

Este ano de 2016 - ainda bem está terminando-, trouxe muitas tragédias, mortes de pessoas queridas, outras pessoas importantes para a história, que lutam por um mundo melhor e mais justo, e isso tem me entristecido e desejado que o …

Lamento de um rio...

Imagem
Olívia de Cássia Cerqueira.


O Mundaú está morrendo
Socorram o Rio Mundaú.
Onde antes corria água
Agora é mato que se vê,
Tomando conta do seu leito.
Até árvore pequena está nascendo.
Dá vontade de chorar...
De ver o rio da minha infância
Clamando por socorro.
O rio Mundaú chora o descaso
Desmatamento, seca, poluição
Estão matando o rio federal.
Socorram o Rio Mundaú.
Replantem sua mata ciliar,
Arborizem suas margens,
Eduquem as crianças
Para amarem nosso rio
Não deixem morrer
nossas lembranças
Não deixem secar nosso rio.
Socorram o Mundaú....



Foto: Olívia de Cássia Cerqueira.