Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Em tempo de reformas

Imagem
Por Olívia de Cássia

Me ausentei por um tempo de atualizar o blog e a minha página no Facebook, por conta de estar com reformas em casa e não ter nem onde colocar o notebook para escrever alguma coisa. Nesse ínterim, meu tempo foi ocupado com assuntos domésticos e material de construção.

A minha reforma ainda não acabou, mas não estou ausente das grandes discussões nacionais ou da pauta diária local. Hoje é dia de greve geral contra as reformas do governo ilegítimo. Ligo a TV e vejo a âncora tratar o dia como um feriadão e discorrer apenas sobre os 'prejuízos' que a greve irá trazer ao país.

Em momento algum falam dos prejuízos que essas reformas da Previdência e a trabalhista vão resultar ao trabalhador brasileiro. E me ponho a pensar e a estabelecer alguns parâmetros.

A comparar a reação da população de outros países se algo parecido acontecesse por lá. Sou contra a violência, mas o povo tem que ir as ruas reclamar o que está sendo tomado. E aqui não vai a opinião partid…

Sobre o medo

Imagem
Por Olívia de Cássia

Por causa do medo que eu tinha de tomar iniciativas que eu queria e precisava tomar, eu perdi algumas oportunidades de crescer e me realizar profissionalmente e pessoalmente, da maneira que sempre sonhei. O medo é uma limitação que nos aprisiona.

Dizem que ter medo de reconhecer erros é abdicar de todo potencial que pode ser descoberto após transcendê-los. Sonhei com muitas viagens, com reconhecimento profissional, em cobrir conflitos externos e em ser uma pessoa melhor.

Sempre fui uma sonhadora, idealista e luto por um mundo melhor para todos. No momento de agora, mais cética diante da atual conjuntura, não deixo de lutar pelos meus ideais, embora eu tenha mais paciência para determinadas situações. Ninguém é perfeito.

Agora na maturidade e fora do mercado de trabalho por conta da aposentadoria, estou em paz. Não pensei que fosse me acostumar tão logo afastada do trabalho, da reportagem, que sempre foi o meu sonho. Agora não adianta arrependimentos e frustraç…

Reformas que precisam ser feitas

Imagem
Por Olívia de Cássia

Há mais de duas semanas que estou em reforma aqui em casa. Vou fazendo aos poucos, pois o dinheiro é curto; sem planejamento, não dá para fazer tudo de uma só vez. A pintura está quase terminada, mas faltam colocar piso e revestimentos. Tudo muito caro, mas que é preciso ser feito. Passei muitos anos sem fazer nenhum tipo de melhoramento no meu lar.

Comecei arrumando as gavetas do guarda-roupa, que estavam em confusão, tudo bagunçado. Não sou uma administradora do lar. Sou péssima nesta seara. E enquanto eu arrumava minhas roupas, lembrei das reflexões de Clarisse Lispector no livro A paixão, segundo G.H.

No livro a protagonista-narradora, que despede a empregada doméstica e decide fazer uma limpeza geral no quarto de serviço, faz algumas reflexões sobre a vida. Após recuperar-se da frustração de ter encontrado um quarto limpo e arrumado, G.H. depara-se com uma barata na porta do armário.

Depois do susto, ela esmaga o inseto e decide provar seu interior branco…